nathan

Decerto, no lance do gol de empate do Palmeiras, um erro individual praticamente matou as chances do Galo avançar na competição. O zagueiro Nathan Silva perdeu a bola na linda fundo para Gabriel Verón, que sozinho, cruzou para Dudu marcar. Em suma, fora este erro, o jogador não teve uma boa atuação na partida.

Portanto, o treinador Cuca tentou minimizar o erro de Nathan, apontando que não foi por isso, que o time perdeu a vaga na final. Para o técnico, o zagueiro tem nível de seleção e logo logo vestirá a camisa amarela:

“Esse menino é um cara que ajustou nosso sistema defensivo, um jogador que futuramente vai ser nível seleção brasileira, muito em breve. Ele tem todos os requisitos: força, velocidade, cabeceio, saída de jogo. Então ele não pode se abater porque tivemos um erro. Não foi ele que errou, fomos nós”.

Segundo o treinador, os erros não podem abalar o elenco para o futuro. Em suma, na primeira partida, o atacante Hulk perdeu um pênalti, que poderia ter feito o Atlético-MG jogar a segunda partida com vantagem:

“É um grupo, é uma família que a gente está criando. Então, na hora de uma dor dessas, vamos dividir um pouquinho cada um, e só assim as coisas vão seguir firmes no nosso caminho”.

Foto destaque: Reprodução/Atlético-MG

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!