cuca

Em suma, Cuca acredita no fator casa para sonhar com finalíssima da Copa Libertadores. Decerto, o treinador citou os bons números defensivos do Atlético-MG para apontar que o empate sem gols, comemorado pelo Palmeiras, também é bom para o Galo:

“Não é ruim um empate. ‘Ah, mas o Palmeiras joga pelo empate com gols lá em Minas’. Ok, mas nós em 11 jogos, tomamos três gols, e um deles apenas em casa, que foi do América de Cali. Então, a gente também é uma equipe bastante consistente, que toma pouco gol. Em contrapartida, faz bastante gols em casa”.

Decerto, o jogo com poucas chances no Allianz Parque, deverá ser diferente, em Minas Gerais. Cuca confia no seu ataque, que já marcou por 19 vezes, em toda a competição. Além disso, o treinador classificou a presença de público como “reforço” para o Galo. Serão cerca de 18 mil torcedores nas arquibancadas:

“Vai ser outra história, vai ser outro jogo e com fortes emoções, pode ter certeza. Acredito que deva ser um jogo tecnicamente mais bonito, porque hoje (terça-feira, em São Paulo) foi mais um jogo de pegada, e não deixa de ser belo também a entrega que os jogadores tiveram no campo. Sobre a torcida, Sem dúvida nenhuma um reforço que a gente tem. Não tenha dúvida”.

Foto destaque: Reprodução/Atlético-MG

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!