Em jogo de sete gols, Vitória da Conquista largou na frente contra o Salgueiro na Série D (Foto: Reprodução / MyCujoo)

Neste domingo (6), três jogos marcaram a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D com destaque para o triunfo do Vitória da Conquista. Assim, em Alagoas, o Coruripe venceu o favorito América-RN, por 1 x 0, com gol marcado pelo atacante André Rodrigues. Já no confronto potiguar, o Globo-RN levou a melhor e bateu o ABC, por 2 x 1, através dos tentos de Beleu e Edson Kapa. Por fim, o Bodão Alviverde superou o Salgueiro em partida de sete gols e venceu por 4 x 3.

Dessa forma, com os resultado, os três vencedores vão para o jogo da volta com a vantagem do empate e de uma vitória por qualquer placar. Enquanto que o América-RN precisa de uma vitória por mais de um gol de diferença ou a partir de um tento, caso seja vazado. Já o ABC precisa vencer pelo placar mínimo, caso não sofra mais de um gol. Por fim, o Salgueiro se classifica pelo placar mínimo mesmo se sofrer dois tentos.

BRASILEIRÃO SÉRIE D – SEGUNDA FASE – JOGO DE IDA

CORURIPE 1 x 0 AMÉRICA-RN

Apesar de atuar fora de casa, o América-RN teve mais posse de bola e procurou mais o jogo durante todo o primeiro tempo. No entanto, uma duas linhas de quatro bem postadas, o Coruripe deu trabalho e impediu melhores jogadas. Assim, as duas chances criadas pelo Mecão vieram pelos pés de Wallace Pernambucano e Rondinelly. Enquanto que o time alagoano somente chegou com André Rodrigues, nos acréscimos, e Gabriel quase marcou.

Na volta do intervalo, o América-RN seguiu mais contundente no ataque, mas pecava nas finalizações. Assim, em cobrança de falta, Romarinho obrigou Alexandre Silva a uma grande defesa. Em seguida, Xuxa quase abriu o placar para o Mecão. No entanto, quem balançou as redes foi o Coruripe, em contra-ataque de André Rodrigues que decretou a vitória por 1 x 0. No fim, com a desvantagem, os potiguares se lançaram ao ataque, mas sem sucesso.

GLOBO-RN 2 x 1 ABC

No confronto potiguar, o Globo-RN encontrou o caminho das redes logo de início, aos 10′. Assim, com participação de Negueba, reestreante da tarde, Beleu recebeu passe e abrir o placar para os donos da casa. Enquanto isso, o ABC se ressentia das ausências do zagueiro Vinicius Leandro e do volante Vinicius Paulista, diagnosticados com Covid-19. Ainda assim, respondeu com perigo com Jayrinho.

Já na etapa final, o Globo-RN retornou mais eficiente no campo de ataque e criando boas chances. Assim, chegou ao segundo gol com Edson Kapa, em cobrança de pênalti. Em seguida, com a desvantagem no placar, o ABC se lançou ao ataque em busca de diminuir o prejuízo e quase marcou com Lelê. Aos 26′, Thiaguinho, estreando, marcou para os Abecedistas e reanimou o time que pressionou até o final, mas sem conseguir empatar a partida.

VITÓRIA DA CONQUISTA 4 x 3 SALGUEIRO

Mesmo com um início melhor em campo com três boas chegadas, o Salgueiro sofreu o primeiro gol aos 21′. Assim, em grande lance de Roni, Washington abriu o placar para o Vitória da Conquista. Apesar da desvantagem, o Carcará se manteve melhor em campo e pressionou no campo de ataque. No entanto, na reta final do primeiro tempo, Henrique ampliou para o donos da casa.

Na etapa final, logo de início, o Vitória da Conquista anotou o terceiro gol com Rodrigo cabeceando certeiro, após falta cobrada por Roni. No entanto, um minuto depois, o Salgueiro diminuiu com Renato, marcando de pênalti. Na sequência, o Bodão Alviverde ainda fez o quarto gol com Henrique, novamente. Quando se imaginava que a goleada estava definida, o Carcará reagiu com Cesinha e Renato, novamente de pênalti, deixando a disputa em aberto.

Foto Destaque: Reprodução / MyCujoo

Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados