Confiança envia ofício

Antes de mais nada, o Confiança perdeu para o Goiás pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Porém, o gol anulado da equipe azulina gerou controvérsias, já que o autor do gol Luidy estava em condições legal. Assim, o presidente do Dragão, Hyago França, assinou nesta segunda-feira (7), um ofício à Federação Sergipana de Futebol (FSF), para ser repassado à CBF. 

Confiança envia nota

Na nota, a alegação são das decisões feitas pelo assistente, Eleutério Felipe Marques Júnior, junto com o árbitro, Adriano Barros Carneiro. Assim, o entendimento a equipe ajudou a interferir no placar do jogo. Em um dos lances, o gol marcado pela equipe do Confiança aconteceu aos cinco minutos da partida, logo no início do confronto.

Outro motivo de reclamação, alegado na carta, ocorreu aos 22 minutos da primeira etapa. Assim, a bola tocou na mão do zagueiro adversário, dentro da área. Enfim, a equipe de arbitragem não marcou o lance, tendo reclamação do time.

Veja a declaração do presidente

“O Confiança vem sofrendo com erros frequentes das arbitragens desde do ano passado. Nunca aceitamos e não aceitaremos continuar sendo prejudicados por essas atitudes. Por esse motivo, enviamos um ofício à CBF, por meio da FSF, para demonstrar nosso descontentamento e cobrar melhorias nas arbitragens e escalação de árbitros de acordo com o perfil da competição e de melhor qualificação.’

Enfim, o Confiança se reapresentou nesta segunda-feira (7) para sequência do Brasileirão da Série B. Assim, a preparação visa o confronto contra o CRB no próximo sábado (12), no Estádio Rei Pelé.

Foto destaque: Divulgação/Lucas Almeida/ADC 

Victor Castro
Victor Castro

Deixe uma resposta