Confiança e FSF enviam ofício contra arbitragem à CBF

Antes de mais nada, o Confiança está na luta final para tentar buscar a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro, no qual o time está a três pontos de fugir da zona do rebaixamento. Logo, o time vem de empate contra o Náutico, em 0 x 0, dentro da sua casa, a Arena Batistão.

No confronto contra o Timbu, o Confiança conseguiu volume de jogo, conseguindo criar muitas oportunidades. Apesar disso, não foi o suficiente para o Dragão do Bairro Industrial tirar o zero do placar, tendo em vista que pecou muito nas finalizações. Porém, um lance no minuto 23 do 2º tempo causou revolta no time e na torcida proletária.

Confiança e FSF na bronca contra arbitragem

A princípio, o árbitro do jogo Tiago Luís Scarascatti, de São Paulo, não marcou pênalti no contato faltoso nas costas de Neto Berola. Ao mesmo tempo, o VAR não chamou o juiz para analisar o lance no vídeo. Assim, o presidente da Federação Sergipana de Futebol (FSF), Milton Dantas, demostrou sua revolta com a decisão ao entrar em contato com a CBF para apuração e punição aos responsáveis.

“É mais um erro de arbitragem contra o representante do futebol sergipano no Brasileiro da Série B. Durante a competição o Confiança foi prejudicado várias vezes por erros de arbitragem e ontem mais uma vez aconteceu mesmo com o VAR. Estamos pedindo à CBF apuração dos fatos e que os responsáveis sejam punidos. Ontem mesmo fizemos contato com a Diretoria da CBF para manifestar nossa indignação pela desastrosa atuação do árbitro Thiago Luis Scarascati”.

Sequência de erros contra o Confiança

Assim, não é a primeira vez que a diretoria do Confiança faz reclamações contra a arbitragem. Em outros jogos em que o time foi prejudicado houve o posicionamento do presidente em relação ao fato. Ainda no começo da Série B, após a sequência de erros no jogo contra o Goiás, o dirigente enviou uma nota cobrando posicionamento da entidade máxima.

Mais recente, o duelo contra o Vasco, na Arena Batistão, virou novo motivo de reclamação, visto que Raphael Claus não assinalou pênalti em cima de Álvaro. Logo na sequência, o juiz apitou o clássico paulista entre São Paulo x Santos, pela Série A. Portanto, houve uma nova pedida do dirigente à CBF.

Próximo passo

O Confiança retorna a campo nessa sexta-feira (12), quando encara o CSA, no Rei Pelé, pela 36ª rodada da competição. Assim, uma vitória é importante na fuga do Z4, visto que a diferença nesse momento para Brusque, o 16º colocado, é de três pontos.

Foto destaque: Divulgação/Lucas Almeida/ADC

Victor Castro