América-RN passa fácil pelo Coruripe e avança na Série D (Foto: Reprodução / Alexandre Lago)

Neste final de semana, três jogos movimentaram a segunda fase e definiram classificados às oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D com destaque para as goleadas de América-RN e Salgueiro. Assim, em Natal, o Mecão não tomou conhecimento do Coruripe e aplicou 5 x 0, após ter perdido na ida. Já em Salgueiro, o time da casa também goleou o Vitória da Conquista, por 4 x 0, também após ter perdido na primeira partida. Enquanto que o Globo-RN empatou, em 1 x 1, com o ABC, no duelo potiguar.

Dessa forma, com os resultados, América-RN, Salgueiro e Globo-RN avançaram para as oitavas de final da Série D. Agora, o Mecão enfrenta o Galvez, o Carcará defronta o Altos-PI e a Águia de Ceará-Mirim decide vaga nas quartas de final contra o Fast Club, de Manaus. No entanto, todas as partidas ainda não tem datas e horários definidos.

BRASILEIRÃO SÉRIE D – SEGUNDA FASE – JOGO DA VOLTA

AMÉRICA-RN 5 x 0 CORURIPE

Apesar da maior posse de bola durante todo o primeiro tempo e do domínio territorial em campo, o América-RN pouco criou. Assim, na melhor chance até então, Wallace Pernambucano desperdiçou por ansiedade e afobação e mandou para fora. Logo, se o gol não saia com bola rolando, em cobrança de falta de Rodrigo Andrade, Edimar completou para as redes abrindo o placar para o Mecão.

Na volta do intervalo, o América-RN buscou os gols que lhe dariam a classificação no tempo normal, após ter perdido o primeiro jogo por 1 x 0. Assim, Everton Silva cruzou na linha de fundo na cabeça de Wallace Pernambucano que ampliou para o Mecão. Em seguida, Gustavo Xuxa deu passe para o WP marcar o segundo dele na partida. Na sequência, Rondinelly aproveitou cruzamento de Everton Silva e anotou o quarto dos mandantes. No fim, ainda teve tempo para Elias, de pênalti, decretar a goleada por 5 x 0.

SALGUEIRO 4 x 0 VITÓRIA DA CONQUISTA

Após ser derrotado no jogo de ida por 4 x 3, o Salgueiro precisava da vitória para seguir vivo na competição. Assim, foi quem propôs o jogo desde o início fazendo uma etapa inicial com boas chances criadas, especialmente, em cobranças de falta. Logo, foi em uma bola parada que surgiu o primeiro gol. Aos 37′, o camisa 10 Renato converteu pênalti e abriu o placar para o Carcará.

Dessa forma, perdendo, o Vitória da Conquista se lançou ao ataque no princípio da etapa final, mas quem encontrou o gol foi o Salgueiro. Assim, aos 13′, Ranieri meteu a caneta e ampliou para o time da casa. Em seguida, o Carcará marcou o terceiro tento com Ciel. Já na reta final, Raimundo Junior decretou a goleada com o quarto gol e definindo a classificação dos donos da casa.

ABC 1 x 1 GLOBO-RN

Após perder no primeiro confronto por 2 x 1, o ABC precisava da vitória para se classificar. No entanto, foi o Globo-RN que criou a primeira boa jogada com Edson Kapa, de cabeça, levando perigo. Em seguida, os Abecedistas responderam com Wallyson arriscando de fora da área. Logo, na melhor chance alvinegra, Rodrigo Carvalho fez grande defesa para evitar o gol de Douglas Lima. Na sequência, o gol dos mandantes veio em cobrança de falta de Thiaguinho que o goleiro Rodrigo Carvalho falhou.

No embalo do gol, o ABC teve boa chance no chute de Wenderson. Após, o Globo-RN passou a ditar o ritmo da partida e teve paciência para chegar ao gol de empate. Assim, aproveitando desorganização abecedista, a Águia de Ceará-Mirim empatou em novo erro de goleiro, dessa vez de Rafael, que soltou a bola nos pés de Edson Kapa. Já na etapa final, na base da vontade, os donos da casa foram ao ataque, mas os visitantes souberam se defender e segurar o resultado.

Foto Destaque: Reprodução / Alexandre Lago

Avatar
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados