Goianésia-

Terminou no último domingo (13) os jogos de volta da 2ª fase do Brasileirão Série D 2020. Jogando na Arena Amazônia, o Fast Clube eliminou o Moto Club nos pênaltis por 6 x 5, após novo empate por 1 x 1. Já no Estádio Bezerrão, o Goianésia venceu o Gama por 2 x 1 e garantiu a vaga já que, na ida, os times empataram por 2 x 2. Enquanto em Goiânia-GO, a Aparecidense-GO goleou o Tupynambás por 4 x 0 e despachou o adversário da competição. Assim, os vencedores avançaram às oitavas da Série D.

BRASILEIRÃO SÉRIE D – JOGOS DA VOLTA – 2ª FASE

Fast Clube 1 (6) x (5) 1 Moto Club

O Moto assustou logo aos dois minutos, devido a cobrança de falta de Victor, acertando o ângulo. Contudo, o goleiro Alencar voou para espalmar e jogar para escanteio. Da mesma forma, em cobrança de falta, o Fast respondeu com Marco Goiano, que bateu por baixo da barreira, mas a bola foi para fora. Aos 48′, Bernardo fez boa jogada pela direita e cruzou para Janeudo, que testou firme no canto esquerdo e abriu o placar para o Tricolor do Amazonense.

Entretanto, o Papão do Norte empatou logo aos dois minutos do 2º tempo, quando Edrean recebeu lançamento de Júlio Pitt, dominou dentro da área e só teve o trabalho de dar o tapa na saída do goleiro. Devido ao novo empate, o jogo foi para a disputa de pênaltis. Mesmo Bernardo perdendo a primeira cobrança para o Fast, o clube amazonense se classificou, porque Abu perdeu o 5º pênalti, que classificaria o Moto Club, e Gleydison perdeu a 7ª cobrança.

Gama 1 x 2 Goianésia

O Goianésia começou melhor, porque logo aos 10′, Franklin deu excelente passe para Vanílson, que bateu firme e contou com ajuda do goleiro para abrir o placar. Do mesmo modo, o Azulão do Vale ampliou aos 40′, após Franklin cruzar na área e encontrar Dudu Itapajé, que de cabeça marcou o segundo tento.

Além disso, depois de muita confusão, o árbitro marcou pênalti após Vanílson travar chute dentro da área com a mão. Consequentemente, foi marcado pênalti para o Gama e, na cobrança, Michel Platini bateu no canto direito e diminuiu para o Verdão. Com a vitória por 2 x 1, o Goianésia garantiu a vaga às oitavas de final.

Aparecidense-GO 4 x 0 Tupynambás

A goleada do Camaleão começou aos seis minutos, quando Albano driblou o marcador dentro da área e rolou para o artilheiro Alex Henrique empurrar para o gol. Já o segundo saiu aos 29′, após erro bizarro da defesa do Tupynambás, que deixou Albano na cara do gol. O meia só teve o trabalho de tirar do goleiro e ampliar para a Aparecidense.

Da mesma forma, no 2º tempo, a defesa do Baeta falhou e viu Édipo, sozinho, driblar o goleiro e jogar a bola para o gol vazio, consequentemente, fazendo 3 x 0. Finalmente, aos 34′, Cardoso recebeu sozinho dentro da área e bateu na saída do goleiro para sacramentar a goleada e a classificação à próxima fase.

Foto Destaque: Reprodução/João Normando/FAF

Avatar
Márcio Moreno
Escolhi o jornalismo pela paixão pelo esporte, tanto para escrever quanto para falar e debater. Já produzi reportagem para TV sobre rotatividade de técnicos no futebol brasileiro, além de ter escrito sobre handebol no jornal impresso da faculdade. Além do futebol, sou fã de tênis, basquete e Pro-Wrestling.

Artigos Relacionados