Campinense x Brasil de Pelotas como aconteceu – Resultado, destaques e reação

Antes de mais nada, neste domingo (18), o Campinense venceu o Brasil de Pelotas 2 x 0. Dessa forma, em partida de dois belos gols pelo Campeonato Brasileiro Série C, o time da casa conseguiu sua segunda vitória e continua a briga pelo topo da tabela.

Assista aos melhores momentos de Campinense x Brasil de Pelotas

1º tempo: O Brasil de Pelotas desperdiça suas chances

Sendo assim, a partida teve inicio com um equilíbrio em tentativas entre as duas equipes. Entretanto, foi o Xavante que teve as melhores chances de abrir o placar na primeira etapa. Dessa forma, o primeiro lance que trouxe sustos para a torcida da casa foi com o cruzamento pela esquerda que resultou no chute de Paulo Vitor, mas que saiu fraco e foi defendido pelo goleiro. Após isso, já perto do final, Helerson ficou com o rebote de uma cobrança de falta sozinho e em frente ao goleiro, mas desperdiçou a chance exagerando na força do chute.

2º tempo: Hugo brilha e define a partida

Dessa maneira, a segunda etapa não começou tão diferente da primeira. Com um jogo equilibrado e com chances para os dois lados, o empate era o resultado provável. Porém, tudo mudou aos 55′ quando Hugo acertou uma brilhante bicicleta para abrir o placar. A partir disso, o Campinense passou a dominar as ações da partida e voltou a balançar as redes três minutos depois. Novamente, uma boga jogada foi feita pelo lado direito e Hugo recebeu a bola de frente para o goleiro e apenas estufou as redes, decretando o placar final.

Campinense x Brasil de Pelotas – E agora?

Dessa forma, a vitória do Campinense manteve o 100% de aproveitamento da equipe na competição e garantiu o 2º lugar na tabela. Enquanto isso, o Brasil e Pelotas ocupa a 15ª colocação com apenas 1 ponto. Sendo assim, a Raposa terá pela frente a semifinal do Campeonato Paraibano, onde enfrentará o Sousa. Enquanto isso, o Xavante enfrentará o Botafogo SP na próxima rodada.

Foto destaque: Divulgação/CampinensePB

Felipe Boettge
Gaúcho de 19 anos e estudante de jornalismo na UFPel. Viciado em esportes, informar e comentar a respeito deles é uma vontade que eu tenho e também um sonho.