Botafogo é rebaixado para a Serie B do Brasileirão

Não deu. Após uma das suas piores campanhas da historia do Campeonato Brasileiro, o Botafogo jogará a Serie B em 2021. O Glorioso perdeu de 1 x 0 em casa para o Sport e ficou nos 24 pontos, então, podendo chegar apenas a 36 pontos. Mesma pontuação do Bahia, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Todavia, ainda ficaria atrás do Tricolor Baiano pelo primeiro critério de desempate, o número de vitórias. O Bahia tem 10 vitórias, e o Alvinegro apenas quatro.

Campanha até aqui

O Botafogo, até agora, faz a pior campanha de sua história dos pontos corridos, superando negativamente a campanha de 2014.  Na 34ª rodada do Brasileirão de 2014, o clube alvinegro tinha 33 pontos, nove a mais do que tem hoje. Além disso, faz a segunda pior campanha da história do clube no Campeonato Brasileiro, com 23.5% de aproveitamento. Só ganha da campanha de 1993, que teve 21.4% de aproveitamento.

Ao mesmo tempo, o time carioca é o pior mandante do Campeonato. Obteve apenas duas vitórias no Estádio Nilton Santos. Um 2 x 1 contra o Atlético-MG, no dia 19 de agosto de 2020, pela quarta rodada, e mais um 2 x 1 contra o Palmeiras, no dia sete de outubro de 2020, pela 14ª rodada. Além de cinco empates, totalizando 11 pontos em casa.

Já fora de casa, o aproveitamento também não é bom. Como visitante, o Fogão vem com as mesmas duas vitórias. Um 2 x 1 contra o Sport, pela 15ª rodada, na Ilha do Retiro e um 2 x 1 contra o Coritiba, na 26ª rodada no Couto Pereira. Inclusive, esta foi a última vez em que o Botafogo ganhou na competição até aqui. Além de sete empates, totalizando 13 pontos como visitante.

Então, não é nem preciso falar que o Alvinegro tem, até aqui, o maior número de derrotas entre os 20 clubes da Serie A, acumulando 18 derrotas. Entre as mais notáveis, um 4 x 0 para o então líder São Paulo na 24ª rodada, no Morumbi , e a derrota que sacramentou o terceiro rebaixamento do Botafogo, 1 x 0 para o Sport na 34ª rodada, no Nilton Santos.

Erros

Afinal, o que levou o Botafogo ao rebaixamento em 2020/21? A crítica especializada culpa, principalmente, a péssima organização da última diretoria do clube alvinegro. Foram 5 técnicos ao longo da competição nacional. Paulo Autuori, Bruno Lazaroni, Flavio Tênius (interinamente), Ramón Diaz (que nunca assumiu. O time foi comandado por três jogos por seu assistente e filho, Emiliano Diaz) e Eduardo Barroca.

Além disso, foram 55 jogadores que defenderam as cores do Botafogo no Brasileirão. O clube apostou em jogadores veteranos como Keisuke Honda e Salomon Kalou. Se desfez de peças importantes como Luiz Fernando, emprestado ao Grêmio, e Luiz Henrique, vendido ao Olympique de Marseille, da França.

Fora das quatro linhas, os erros foram ainda mais gritantes. A saber, o Botafogo tinha, em 2020, um projeto de transformar o clube em uma empresa, para potencializar o clube. Todavia, o projeto foi se mostrando uma completa falha ao longo do ano, com mega problemas entre os investidores e gestores. Logo, o Alvinegro praticamente faliu em 2020, ficou sem dinheiro para nada.

Em síntese, poderia-se ficar horas falando de todos os erros do Glorioso nesta temporada, que chega ao fim hoje, desta forma dramática. O clube precisa de uma nova organização para a Segunda Divisão, que já começou com a nova direção, comandada por Durcesio Mello.

Foto Destaque: Reprodução/André Durão

João Victor Freire
Alagoano, porém criado no Rio De Janeiro. 21 anos. Tenho pra mim que o Jornalismo é uma das profissões mais belas que existem, e é o que eu sei e gosto de fazer desde pequeno. E aliado a isso, tenho uma paixão por esportes.