Neste domingo (27), Botafogo e Corinthians se enfrentaram pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A. A partida que aconteceu no Estádio Nilton Santos se encerrou com um placar de 2 x 0 em favor do Timão. O primeiro gol foi marcado na primeira etapa por Cazares e Mateus Vital selou a vitória nos acréscimos da partida. Com o resultado, o Glorioso encerra o ano na penúltima colocação do competição, enquanto o plantel paulista chega a ocupar a 8° posição.

1° TEMPO

Querendo a vitória a todo custo, logo aos cinco segundos do jogo, o Glorioso quase abriu o marcador. Após saída do meio-campo, Warley passou pela defesa do Timão e chutou cruzado, passando rente à trave de Walter. Com a posse de bola e chegando mais à área do adversário, o Botafogo pressionou o Corinthians, mas não tirou proveito. Por outro lado, como resposta, aos 17′, abriu para Gustavo Mosquito, que chegou chutando de primeira. Diego Cavalieri fez a defesa em dois tempos. Quando os ânimos acalmaram, os visitantes abriram o marcador. Aos 33′, Gustavo deu assistência e Cazares cabeceou para o fundo das redes.

Desmotivado e errando os passes, o Alvinegro se abalou com o gol sofrido. Sem nenhuma criação, o Corinthians passou a dominar a partida. Por fim, sem alterações, a primeira etapa se encerrou com vitória dos visitantes. Ademais, quatro chutes foram distribuídos por cada equipe. Entretanto, o Corinthians teve 52% de posse de bola, chutou duas vezes ao gol, contra nenhuma em favor do Botafogo.

2° TEMPO

No intervalo, Eduardo Barroca fez substituição dupla. Matheus Babi e Salomon Kalou entraram nos lugares de Warley e Victor Luis. Aos 4′, após cruzamento na área, Gil tentou chute, mas a bola explodiu na marcação adversária. No rebote, Cazares, próximo à meia-lua, finalizou forte, mas a bola passou ao lado do gol de Cavalieri. Não vendo resultados, o comandante do Glorioso fez outra modificação. Lecaros entrou no lugar de José Welison. Imediatamente a partida ganhou um novo gás. Aos 17′, Babi recebeu na entrada da área, fez o giro e chutou rente à trava de Walter.

Em continuidade, Vagner Mancini substituiu Otero e Gustavo Mosquito por Mateus Vital e Léo Natel. Contudo, aos 25′, tocou para Vital marcar, mas o bandeirinha assinalou impedimento. Em seguida, aos 27′, Ramiro emendou uma bomba de fora da área, que desviou e estourou no travessão. Pressionado, o Botafogo não soube aproveitar as entradas dos atacantes e sofreu pressão a todo instante. Aos 32′, Natel fez boa jogada, ganhou com facilidade de Forster na corrida a cruzou na área. Por sua vez, Jô cabeceou para o chão, mas Cavalieri fez ótima defesa, evitando o segundo do Corinthians. Em continuidade, o time paulista criou mais uma jogada nos acréscimos e selou a vitória por 2 x 0 com gol de Mateus Vital. Ademais, o Glorioso teve 45% de posse de bola, mas chutou apenas um vez ao gol.

NARRAÇÃO DOS GOLS

Por sua vez, a Rádio Poliesportiva narrou o jogo entre Botafogo e Corinthians pela 27ª rodada da Série A. Em continuidade, como de costume,  a narração e edição foram ministradas por Gabriel Max e contou com a reportagem de Léo Lopes, bem como os comentários de Eddie Toschi.

E AGORA?

Em síntese, com o resultado, o Botafogo aparece ocupando a 19ª colocação com 23 pontos e enfrentará na próxima rodada o Athletico-PR, 12° com 31. O duelo será no Estádio Nilton Santos, na primeira quarta-feira (06) de 2021, às 19h15 (Horário de Brasília). Por outro lado, o Corinthians, 8° colocado com 39 pontos, enfrentará o Fluminense, 7° colocado com 40 pontos. O embate será no dia 13 de janeiro, às 21h30 na Neo Química Arena.

Foto destaque: Reprodução/André Durão/GE

Iara Alencar
Iara Alencar
Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Alagoas, apaixonada por esportes e com pretensão de alavancar na carreira de assessoria de comunicação ou imprensa, precisamente no âmbito esportivo (futebol de preferência). O objetivo é aperfeiçoar a construção dos textos, a fim de sair da zona de conforto dos gêneros que estou habituada a escrever (reportagens e artigos opinativos), além de abranger meus conhecimentos pessoais e profissionais. Tenho 23 anos, sou bastante comunicativa, perfeccionista em suas limitações e persistente em tudo o que faço.

Artigos Relacionados