Boca Juniors é bicampeão da Superliga Argentina

- Xeneize empatou com Gimnasia, por 2 x 2, em La Plata, e consegue o 33º título de campeonato argentino; boquenses foram comemorar em La Bombonera lotada

Finalmente, o Boca Juniors pôde soltar o grito de bicampeão da Superliga Argentina de Futebol! A conquista veio com o empate diante do Gimnasia, por 2 x 2, em La Plata, na quarta-feira passada. O duelo era válido pela 25ª rodada, uma partida que tinha sido suspendida por causa da forte chuva na região metropolitana de Bueno Aires. Antes o Racing derrotou o Arsenal, por 2 x 0, em Avellaneda. Este fim de semana acontece a 27ª e última rodada da Superliga. Com o resultado, o Boca chegou a 57 pontos, e o vice-líder Godoy Cruz, com 53 pontos, não consegue mais alcançar os boquenses.

A equipe comandada pelo técnico Guillermo Schelotto comemorou o título no estádio Del Bosque, em La Plata, mas logo em seguida foi para La Bombonera – que estava lotada -, celebrar com seus torcedores. Esse Bicampeonato é o trigésimo terceiro título de campeonato argentino do Boca Juniors. O River Plate ainda continua sendo o maior vencedor, com 36 campeonatos argentinos.

Gimnasia de La Plata 2 x 2 Boca Juniors

O estádio Del Bosque, em La Plata, estava lotado somente com torcedores do Gimnasia. O Boca saiu na frente com Pablo Perez, aos 12 minutos de jogo. Parecia que o duelo seria fácil para o Xeneize e, consequentemente, o bicampeonato viria sem muito esforço. Só que o Gimnasia engrossou a partida e foi para cima. El Lobo empatou com Nicolás Colazo, aos 33 minutos. A partir daí, os platenses dominaram a partida, e o goleiro boquense Rossi fez grandes defesas.

Mas a equipe Azul y Oro contou com a sorte e o oportunismo de Ramón Ábila. O centroavante aproveitou a falha do zagueiro platense, roubou a bola e deixou o Xeneize na frente de novo, aos 11 minutos do segundo tempo. O confronto ficou equilibrado, no entanto com o Gimnasia pressionando mais. Até que aos 35 minutos Brahian Alemán empatou, com um chute de fora da área, a bola desviou no zagueiro boquense – sem chances para o goleiro Rossi. O time de Guillermo Schelloto segurou o resultado até o apito final do árbitro Facundo Tello, e pôde soltar o grito de campeão!

Alguns personagens do bicampeão da Superliga

O Boca Juniors fez um começo de temporada muito bom, engatando oito vitórias consecutivas e construindo uma grande vantagem. Vale lembrar que o Xeneize perdeu dois jogadores importantes no segundo semestre do ano passado: o artilheiro Benedetto e o capitão Fernando Gago. Em compensação, chegou Carlitos Tevez no começo de 2018. O ídolo não teve grandes atuações, mas foi decisivo em algumas partidas. Com a conquista, Tevez conseguiu seu oitavo título pelo Boca e ainda passou a ser o segundo jogador argentino que mais vezes foi campeão, ao lado de Di Stéfano, com 26 títulos. Tevez só fica atrás de Lionel Messi, que tem 34 conquistas.

E os destaques do Boca bicampeão nesta reta final foram o volante Wilmar Barrios e o atacante Cristian Pavón. Toda jogada passa por Wilmar Barrios, que além de desarmar, tem um passe de qualidade e sabe chegar no ataque. O colombiano vai estar na Copa do Mundo da Rússia. Já Cristian Pavón foi uma peça fundamental no ataque, com seis gols e 11 assistências. O camisa 7 tem sido convocado por Jorge Sampaoli e provavelmente também vai estar no Mundial.

Outro personagem que tem uma história fantástica com a camisa do Boca Juniors é Guillermo Schelotto. O treinador passou a ser o mais vitorioso com as cores Azul y Oro: são 18 títulos. Bicampeão argentino como treinador e 16 conquistas como jogador – que inclui 4 Libertadores e 2 Mundiais.

O Boca é líder do campeonato argentino há 1 ano e cinco meses e essa hegemonia vai continuar, pois o campeonato acaba neste fim de semana e a temporada 2018/2019 começa só depois da Copa do Mundo.

Racing 2 x 0 Arsenal de Sarandí

Racing não teve dificuldades para derrotar o rebaixado Arsenal, por 2 x 0, no estádio El Cilindro, em Avellaneda, na província de Buenos Aires. Os gols só foram sair no segundo tempo. E para variar, mais uma vez os atacantes Lisandro López e Lautaro Martínez balançaram a rede. Com a vitória, La Academia foi da sétima para a sexta colocação, somando 45 pontos, e segue na luta por vaga na Libertadores. O último jogo vai ser em casa contra o Colón de Santa Fé.

CLASSIFICAÇÃO

[soccer-info id='12' type='table' /]

Vitor Hugo Souza

Sobre Vitor Hugo Souza

Vitor Hugo Souza já escreveu 61 posts nesse site..

Futebol é legal. Jornalismo também. Então, faz as contas ⚽��❤ Sou Vitor Hugo Souza, jornalista formado, eterno jogador do “10 minutos ou dois gols”, e em busca da onda perfeita. Chuteiras nos gramados, jogos decisivos, golaços, dribles, time do coração, bastidores, torcida, emoção, tudo isso mexe com o imaginário. Mais do que um esporte, é futebol na veia.

BetWarrior


Poliesportiva


Vitor Hugo Souza
Vitor Hugo Souza
Futebol é legal. Jornalismo também. Então, faz as contas ⚽��❤ Sou Vitor Hugo Souza, jornalista formado, eterno jogador do “10 minutos ou dois gols”, e em busca da onda perfeita. Chuteiras nos gramados, jogos decisivos, golaços, dribles, time do coração, bastidores, torcida, emoção, tudo isso mexe com o imaginário. Mais do que um esporte, é futebol na veia.

    Artigos Relacionados

    Topo