Boca Juniors ainda é temido por clubes brasileiros?

A Copa Libertadores é obsessão para todos os clubes da América do Sul. Conhecido como o rei de copas, o Independiente continua sendo o maior campeão, seguido do Boca Juniors com seis títulos.

A equipe argentina já foi pedra no sapato de diversos clubes brasileiros e sempre atrapalhou a vida deles, principalmente quando jogava no seu caldeirão, porém a última conquista foi em 2007. Em pleno Olímpico, na partida de volta, o Boca Juniors não tomou conhecimento e venceu o Grêmio pelo placar de 2 x 0, com show de Riquelme.

Por fim, o último duelo contra brasileiros, aconteceu no dia 17 de maio, na Neo Química Arena, e o Corinthians, embalado pela fiel, venceu pelo placar de 2 x 0.

Cássio, goleiro do Corinthians pregou respeito, mas ressaltou a grandeza do timão.

Nós respeitamos eles, mas nós somos o Corinthians. Vamos em busca da classificação, custe o que custar”, finalizou o ídolo.

Afinal, o Boca Juniors ainda impõe respeito? Confira a resposta de um torcedor

O Boca Juniors mete medo, quando não é na bola é no apito. Em 2013, o Corinthians foi operado em pleno Pacaembú, O arbítro Amarilla deixou de dar um pênalti para o timão logo no começo do jogo. Em seguida, um impedimento inexistente. Sinceramente, como torcedor do Palmeiras, não tenho boas recordações no confronto direto“, declarou o torcedor

Recentes encontros de Boca x brasileiros na Libertadores (apenas eliminações)

2020 – Eliminou Internacional nas oitavas

2018 – Palmeiras na semifinal e Cruzeiro nas quartas

2012 – Fluminense nas quartas

 

Foto destaque: Divulgação / Gazeta Esportiva

 

Vítor Rizzatti
Vítor, 32 anos, natural de Criciúma-SC, apaixonado por esportes, especialmente por futebol. Já escrevi para alguns portais de Criciúma e região, e atualmente estou no portal 4oito de Criciúma. Tenho um blog que leva meu nome, Vítor Rizzatti e escrevo de um a dois posts por semana, abordando temas atuais no âmbito esportivo. Faço jornalismo digital na Uniasselvi e estou na 1 fase.