Benedetto Getty Images

O São Paulo continua no mercado à procura de um centroavante. Afinal, o Tricolor já sondou vários jogadores da posição, como, por exemplo, Diego Costa e Borré. Além disso, o clube está em uma difícil negociação por Calleri. Aliás, o acordo está tão longe de ocorrer que a diretoria foi atrás de outro argentino. Portanto, há uns dias, Darío Benedetto foi procurado e se aproxima da equipe do Morumbi.

A princípio, a negociação era vista com muita cautela pelos dirigentes. Decerto, o alto salário do jogador no Olympique de Maselha era o grande empecilho. Além disso, a situação financeira do clube brasileiro também poderia ser um entrave na negociação. Porém, os franceses diminuíram os valores, e Benedetto se aproxima do São Paulo.

Em suma, a proposta que o São Paulo ofereceu foi a mesma por Jonathan Calleri. Assim, imagina-se que o Tricolor manterá a linha de não exceder o teto salarial do clube. Entretanto, com a saída de Hernanes, há a possibilidade de oferecer cifras um pouco maiores ao jogador.

Em contrapartida, o Olympique quer enxugar a folha salarial do clube. Inclusive, Benedetto é o terceiro atleta mais caro da equipe. Dessa forma, os dirigentes franceses devem facilitar a negociação. Além disso, o treinador Jorge Sampaoli não conta com o jogador para a próxima temporada. Aliás, o comandante sinalizou isso nas últimas partidas, pois deixou o argentino no banco de reservas.

Claro, o jogador tem o aval de Hernán Crespo. Bem como, há a necessidade de mais um centroavante na equipe são-paulina. Diante dos fatos mencionados, Benedetto se aproxima do São Paulo.

Foto Destaque: Divulgação/Getty Images

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.

Deixe uma resposta