Arana fala do momento do Atlético-MG e do possível retorno de Keno

O Atlético-MG entrou em campo nesta última quarta-feira (4), no Independência, para enfrentar o América-MG, pela Copa Libertadores da América. Foi a primeira vez que o Galo jogou como visitante no estádio, por essa competição.

O que mais você pode conferir neste post: [Ocultar]

O lateral-esquerdo do Atlético-MG, Guilherme Arana falou sobre essa experiência de jogar no estádio, mas como time visitante.

“O Galo tem uma história ali no Independência. É um clássico, é um jogo à parte. Temos que respeitar a equipe do América. Claro que estamos focados e queremos essa vitória. O professor vai nos passar o que temos que fazer, e os cuidados que temos que tomar. Espero que essa história continue sendo bonita ali no Independência”, afirmou.

Fechado com Turco?

Em relação aos últimos resultados do time que colocaram uma pressão a mais sobre o técnico Mohamed, o jovem deixou claro que o grupo está fechado com o treinador e que, além disso, o apoio da torcida é muito importante nesse momento.

“Eu acho que o professor tem que ficar tranquilo quanto a isso. Ele sabe que a gente está com ele. A gente tem que ajustar algumas coisas dentro de campo. Sabemos que no segundo tempo estamos entrando abaixo. Também sabemos, que não estamos tendo eficiência para matar o jogo.

Isso são todos, não falo de um ou outro, é o grupo. Então é melhorar. Eu acho que a torcida estava acostumada com vitória, vitória, vitória. Agora três empates seguidos, a torcida fica meio chateada, porém, a gente precisa deles também. Não adianta o resultado negativo, e quererem cobrar, xingar. A gente sabe da qualidade do nosso grupo, e sabemos também como a torcida fica chateada. A gente sabe que podemos vencer os jogos, mas estamos aqui para entrar para a história do clube. Eu sempre falo disso de entrar na história, e para entrar na história você tem que vencer. Aqui não é diferente, esse grupo não é diferente, é um grupo de vencedores”, ressaltou.

O que o Atlético-MG precisa melhorar, Arana?

Arana destacou que o time tem que ajustar a parte defensiva bem como a ofensiva. Afinal, o Galo tem criado muitas oportunidades de gols nos jogos mas não está sendo eficaz.

“A gente cria muito. Então, se a gente atacar com oito jogadores e faz o gol, todos os jogos seriam 5 x 0. Mas, não estamos fazendo. E quando você não faz gol, você é castigado. Não tem jeito. Aquele ditado, quem não faz toma. A gente tem que ajustar isso, tanto na parte defensiva quanto na parte ofensiva o mais rápido possível. É isso que vamos trabalhar, e, assim, isso que estamos nos cobrando também”, disse.

Keno vai retornar?

Por fim, o lateral também falou sobre o possível retorno do atacante Keno, que joga pelo lado esquerdo, e o entrosamento dos dois por esse setor.

“Ali do lado esquerdo a gente se entende muito bem, por já jogar há um bom tempo juntos. Eu sei dos movimentos dele. Então, ele voltando a gente fica feliz, eu fico feliz, o grupo fica feliz, porque é um jogador de muita qualidade que pode entrar em partidas e resolver”, finalizou.

Foto destaque: Divulgação / Pedro Souza / Atlético-MG

André Merice
A sensação de poder transmitir uma sentimento à cada leitor é o que me move. Ainda assim, sou somente mais louco apaixonado por futebol, que fez da escrita e do esporte a sua vida!