Pedro Rocha

Uma notícia que está circulando na imprensa russa nessa semana é que o Athletico fez uma proposta por Pedro Rocha, atacante do Spartak Moscou. A princípio, a informação é do portal Eurostavka e compartilhada pelo portal Trétis, diz que o Furacão busca o empréstimo do jogador até o final de 2022. Bem como, o ataque é uma das carências do time paranaense, que poderia ver em Pedro uma boa opção.

Do mesmo modo, a notícia que chega é que o Athletico fez uma proposta de 700 mil euros pelo atacante de 26 anos. Dessa forma, o jogador chegaria para o resto desta temporada, além de todo o ano de 2022 como jogador do Furacão. Em suma, este valor em reais, representaria cerca de 4,3 milhões na cotação atual.

Ainda segundo o portal russo, a proposta do Furacão foi feita na terça-feira (3), e o time paranaense espera a resposta até esta sexta-feira (6). Após esta data, a oferta perderá a validade. Além disso, o portal afirma que caso Pedro Rocha jogue 60% dos jogos, existe uma cláusula de compra que pode ser ativada.

Proposta por Pedro Rocha não é confirmada

Por outro lado, o empresário do atleta, Hamilton Bernard, diz não ter recebido nada até o momento. Além disso, o presidente do Athletico, Mario Celso Petraglia, também negou que tenha algo concreto sobre esta negociação. Em entrevista ao GE, Petraglia disse: “Não chegou até mim este assunto. Se tem, está na área técnica“.

Dessa forma, sem a confirmação da proposta nem pelo clube, nem do agente do jogador, a resposta pode sair nesta sexta-feira (6), que é o prazo final segundo o portal Eurostavka. A princípio, no Brasil o jogador teve uma boa passagem pelo Grêmio, além de  passagens mais apagadas por Cruzeiro e Flamengo. Nesta temporada o jogador participou de 14 partidas no Spartak e marcou quatro gols.

Em suma, o Athletico segue em busca de reforços para completar o elenco e continuar brigando pelas três competições em que está vivo. Dessa forma, o time paranaense anunciou seu primeiro reforço nesta janela, trata-se de Nicolás Hernández, ex-zagueiro do Atlético Nacional.

Foto destaque: Divulgação/Spartak Moscou

Vitor Marques
Escolhi o jornalismo por querer trabalhar com esportes, especificamente com futebol e por gostar muito de televisão e formato de programas esportivos. Fiz uma websérie como produto do meu TCC, juntamente com meu grupo, contando a história da temporada de 2014 do Maringá Futebol Clube, neste ano o clube que disputava pela primeira vez a série A do campeonato estadual chegou ao vice-campeonato. Tenho um canal do YouTube com alguns amigos da faculdade para falar sobre futebol e já participei de alguns programas esportivos de rádios e é o que desejo fazer profissionalmente, trabalhar com esportes.