América-MG

Nesta terça-feira (28), presidente do América-MG, Alencar da Silveira Jr, confirmou que tem cinco jogadores já “acertados e apalavrados” para 2022, mas sem citar nomes. Em tempos de transição entre uma temporada e outra, sempre há muitos rumores sobre contratações. Assim, surgiram várias especulações na Imprensa de quais atletas seriam, e o mandatário respondeu. No mesmo dia, o portal Ge confirmou um zagueiro e um meia no Coelhão.

América-MG fecha com zagueiro argentino

De fato, um nome muito forte para chegar ao América-MG é o zagueiro argentino Germán Conti, de 27 anos. A saber, o defensor pertence ao Benfica, e estava emprestado ao Bahia em 2021. Dessa forma, amargou o rebaixamento à Série B no fim da temporada. No entanto, o atleta também foi campeão da Copa do Nordeste, marcando o gol do decisivo na disputa de pênaltis.

Além disso, no TricolorConti atuou em 45 jogos e fez um gol. Passou também pelo Colón, da Argentina, e pelo Atlas, do México. A informação de que ele vem para o América-MG foi dada pelo Ge, mas não teve confirmação desta reportagem.

Nathan é liberado pelo Atlético-MG

Outro que pode estar chegando ao América-MG é o meia Nathan, do Atlético-MG. A saber, o Galo já liberou o atleta. Porém, ele teria também uma proposta do Fluminense, de acordo com informações do Ge. Assim, o Coelhão aguarda a decisão do jogador para seguir a contratação ou não.

Alencar confirma cinco reforços, mas não cita nomes

Decerto, o presidente do América-MGAlencar da Silveira disse em entrevista que já fechou com cinco jogadores. Porém, ainda não citou nomes, mas garantiu que estão todos apalavrados. Ainda mais, detalhou que são três zagueiros e dois atacantes.

”Já temos três zagueiros acertados, apalavrados e assinados com empresário. Só não vamos divulgar ainda. Dois atacantes também”, disse.

Entretanto, depois que os nomes de ContiNathan apareceram na Imprensa, o presidente se pronunciou no Twitter lançando dúvida sobre os rumores.

Foto Destaque: Divulgação / Getty Images

Caian Oliveira
Minha paixão sempre foi o futebol. Mas, nunca sonhei em ser jogador. Não, meu sonho de moleque era levar o futebol às pessoas através da Comunicação. E aqui estou, realizando meu sonho.