Alexandre Mattos

Em suma, Alexandre Mattos seria o novo diretor do Cruzeiro. No entanto, após chegada de Ronaldo e mudanças feitas no elenco, o dirigente anunciou o desligamento do clube antes mesmo de assumir o cargo.

Embora não esteja mais na Raposa, Mattos ainda teme sobre o futuro do time e assume que o jogador fez o certo pelo clube. Tendo em vista que o Fenômeno pretendia enxugar os gastos, era de se esperar que alguém da comissão ficasse de fora.

Alexandre Mattos fala sobre saída do Cruzeiro

De antemão, o diretor de futebol falou por meio do programa “Os Donos da Bola” sobre a saída do clube e afirmou ainda que não tem mágoa do ex-jogador. Além disso, defendeu as despesas e as propostas que vêm sendo feitas para a SAF.

Embora, o atual dono do Cruzeiro assuma que as dívidas do time já chegaram em “estado trágico”, Fenômeno busca reerguer o clube. Por fim, Alexandre falou sobre a sua não contratação. Com isso, confira:

Passagens de Mattos pela Raposa

A princípio, Alexandre Mattos teve sua passagem na direção do time no início de 2012. Logo após conquistar três títulos, dentre eles nacionais e estaduais, encerrou seu ciclo no clube. No entanto, em 2020, o diretor retornou ao Cruzeiro. Ainda que a vontade de Mattos fosse permanecer no Cruzeirão, ele acabou sendo contratado pelo Atlético-MG posteriormente.

Além disso, apesar de estar fora dos planos de Ronaldo, ele declara:

“Fica aqui a minha palavra de honra, de mais uma vez ser lembrado para trabalhar no Cruzeiro e o agradecimento a todas as pessoas que acreditaram e se mobilizaram para que isso acontecesse.

Ronaldo sobre dívidas do Cruzeiro

Em suma, nesta terça-feira (11), Ronaldo falou pela primeira vez, em sua primeira coletiva, como estava a real situação do time. Além disso, em uma de suas comparações, se referiu ao clube como um paciente de UTI.

 “Infelizmente o cenário hoje é bem complicado, com receitas até os próximos dois anos já antecipadas, inclusive já gastas. Nós encontramos um cenário realmente trágico no clube, mas temos que estancar o sangramento, temos que cuidar.

Diria que o Cruzeiro é um paciente em estado grave, na UTI, e nós estamos oferecendo o tratamento necessário para que saia dessa condição, e que possamos fazer o máximo para que seja o clube grande que merece ser”

Foto destaque: Divulgação/OneFooteball

Maria Eduarda Aquino
Estudante de Jornalismo. Acompanhem-me pelo Instagram e Twitter.

Deixe um comentário