abel

Em suma, o treinador Abel Ferreira comentou sobre a escolha de jogadores experientes para começar a partida contra o Atlético-MG, pela Copa Libertadores. Decerto, para o treinador, garantiu que não optou pelos mais velhos por causa da magnitude do jogo. Portanto, de acordo com Abel, o time que treinou melhor durante a semana, foi quem se habilitou para começar os 90 minutos:

“Eu olho para o que fazem nos treinos. Não tenho contrato nenhum com experientes ou jovens, jogam aqueles que eu entendo. Sou pago para tomar decisões, às vezes mal e outras bem. O que entendi hoje era que a equipe mais preparada para dar resposta a esse tipo de jogo foi essa. Curiosamente, os jogadores que jogam menos, hoje jogaram. A cobrança é igual para todos, desde os mais experientes aos mais jovens. Jogar no Palmeiras é único. Quando ganha, é o melhor, quando não ganha, é um idiota. Quando ganha e jogam os jovens, são os melhores, quando perde e não jogam eles, é culpa que eles não jogam. Temos que fazer o que acreditamos. Acredito, acima de tudo, nos meus jogadores. Eles confiam em mim, eu confio neles, isso certamente vai nos levar para a final da Libertadores”.

Foto destaque: Reprodução/Palmeiras

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!