abel

Em suma, o treinador Abel Ferreira foi realista com a torcida do Palmeiras, após a derrota contra o Bragantino, no sábado (9). Decerto, o português fez questão de assumir a culpa do mau momento do time e agora, o mais importante será recuperar a confiança dos jogadores. Daqui há um mês e meio, o time terá a final da Libertadores e do jeito que o time tem ser portado, Abel sabe que não terá chances:

“O maior culpado sou eu. Eu sou o treinador e coloco para jogar. Os erros deles são meus erros. Eles vão para dentro e jogam e eu assumo a responsabilidade. Eles tentaram , forçaram, mas foram para dentro. Tiveram erros, mas eu sou o responsável. Tenho que ser realista, não posso vender sonhos. Quando você vê um Atlético-MG fortíssimo, sem facilitar nada. Quando você vê um Flamengo fortíssimo e nesse momento o Palmeiras não está forte. Estamos em um mau momento e temos que assumir. Temos muitos jogos ainda, mas temos que lembrar que temos um jogo dia 27 (a final da Libertadores, em novembro) e são esses jogos que vão nos preparar para lá. Esses são nossos jogadores e apesar das ausências vamos trabalhar para fazer mais e melhor”.

Foto destaque: Reprodução/Palmeiras

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!

Deixe um comentário