A bem da verdade, UNIRB Futebol Clube é um time brasileiro, fundado em 12 de outubro de 2018, na cidade de Alagoinhas (Bahia), pelo professor e presidente Carlos Joel Pereira. A saber, em referência a Universidade Regional Brasileira (UNIRB), o clube tem as cores azul, vermelho e branco e seu mascote é a coruja. Atualmente, tem o patrocinador máster do Unirb Centro Universitário.

ASCENSÃO DO UNIRB

Sendo assim, em 2019, o time estreou no Campeonato Baiano da Série B, no Estádio Antônio Carneiro, e ficou na terceira colocação. Já em 2020, o clube disputou a final da segunda divisão contra o Colo-Colo da cidade de Ilhéus. Logo, venceu nos pênaltis por 4 x 2, após empatar sem gols, nas duas partidas anteriores no tempo normal, foi o campeão invicto (três triunfos e quatro empates).

Ao passo que, subiu para a primeira divisão do Baiano, endureceu os jogos contra o Vitória (3 x 3) na estreia e ganhou do Bahia (1 x 0) na terceira rodada. Dessa forma, continuará na elite estadual em 2022. Logo, o UNIRB está construindo um centro de treinamento nos arredores da cidade de Mata de São João. A saber, o projeto inclui três campos para treinamento, piscina, alojamento e restaurante. No entanto, a edificação e cobertura dos prédios (administrativo e alojamento), a drenagem do(s) campo(s) para treinamento não finalizaram devido às chuvas.

PROJETO PARA ALÉM DAS QUATRO LINHAS

A chegada de jogadores passa por uma avaliação do extra campo (comportamento do jogador no seu convívio social). Assim, a comissão técnica faz a avaliação do perfil do atleta, além da habilidade em campo e o comportamento fora das quatro linhas para uma instituição de ensino. Isso porque, os jogadores têm que servir de exemplo para os jovens. Além disso, o projeto ainda prevê que aqueles que se envolverem de forma direta com o time ganhem bolsas de estudo. Além disso, obtém desconto na mensalidade (método parecido com que os atletas dos Estados Unidos recebem, guardada as devidas proporções). Dessa forma, a meta é valorizar o atleta para que ele possa ter uma alternativa profissional, no caso de não dê certo no futebol.

Os estudantes (Educação Física, Nutrição Esportiva entre outras) seguem envolvidos e participam de treinos. Além disso, alguns formados têm até cargos na comissão técnica, como o supervisor de futebol Jader Botelho, que concluiu Educação Física. “A tendência é que, no futuro, o clube todo seja de egressos da instituição, no ponto de vista da preparação, da orientação técnica“, afirma. O preparador físico Rodrigo Albuquerque e o técnico é Lorival Santos, que treinou e ganhou a Copa de Alagoas com o Asa-AL, e será a primeira vez que atua no Baiano.

Foto destaque: Reprodução/UNIRB

Antonio Florêncio