Zé Maria é homenageado pelo Corinthians

Primeiramente, o Corinthians enfrenta o Cuiabá, neste sábado (13). A saber, partida acontece pela 31ª rodada do Brasileirão 2021, na Neo Química Arena. Sendo assim, o ídolo do Timão, Zé Maria, foi homenageado.

Dessa forma, nesta quinta-feira (11), o ex-lateral-esquerdo do clube alvinegro ganhou um busto na sede social do time paulista, no Parque São Jorge. Vale lembrar que o ex-atleta vestiu a camisa preta e branca em 598 partidas.

Contudo, estava com amigos e junto com outros ídolos do Corinthians, como: Casagrande, Basílio, Wladimir, Biro Biro, Solito, Geraldão e Ataliba. Logo depois, agradeceu o clube pelo busto e falou que foi feliz no Timão:

“Quero agradecer os presidente, conselheiros, diretores por estarem fazendo isso não só comigo, mas com outros jogadores também, em vida. Demorou cair a ficha”, declarou Zé Maria.

Além disso, o presidente Duilio Monteiro, do Corinthians, antes do Super Zé Maria ver o busto, parabenizou pela grande história no Timão:

“É um prazer fazer esta homenagem ao Super Zé, o cara que dentro de campo sempre mostrou o que é o Corinthians, o que é a força desse povo, o que é a raça, entrega, superação. Imortalizado no coração do corintiano. Eu acompanhei a trajetória dele com meu avô, depois meu pai, tive o prazer de estar perto dele mesmo pequeno, e pude entender, acompanhar sua história e tudo o que ele representa para essa nossa nação”, falou o presidente. 

ZÉ MARIA PELO TIMÃO

Antes de tudo, foi revelado pela base da Portuguesa e jogou entre 1967 a 1970. Logo depois, transferiu para o Corinthians, onde conquistou quatro Campeonatos Paulistas (1977, 79, 82 e 83). Aliás, a homenagem foi especial neste 11 de novembro, pois comemora 51 anos de sua primeira partida no Corinthians.

Assim, Zé Maria foi responsável por ajudar o Coringão a quebrar o jejum de 23 anos do clube sem conquistar um título. Dessa forma, iniciou jogada, na qual Wladmir arriscou, e sobrou para Basílio balançar as redes, contra a Ponte Preta, no Campeonato Paulista de 1977. Ademais, foi tricampeão mundial pela Seleção Brasileira, na Copa do Mundo de 1970, e foi titular na Copa do Mundo de 1974.

Agora, seu busto vai estar do lado de outros ídolos ex-jogadores do Corinthians: Neco, Cláudio, Baltazar, Luizinho, Sócrates, Rivellino, Teleco, Ronaldo Giovaneli, Marcelinho Carioca, Basílio e Wladmir.

Foto destaque: Divulgação/José Manoel Idalgo/Ag. Corinthians

Juan Camilo
Meu nome é Juan Pablo, tenho 19 anos e estudo Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi (UAM). O jornalismo é um privilégio de estar nessa área incrível. Amo futebol, basquete, jogos antigos. Meu objetivo é conseguir ser um dos melhores jornalistas e ser correspondente esportivo.
https://linktr.ee/juanpablocamilo