Vágner Mancini lamenta empate do América e relembra viagem para Colômbia

Neste sábado (21), o América-MG empatou por 1 x 1 com o Botafogo, em casa, pelo Brasileirão. A saber, o Coelhão estava vencendo até os 41′ do segundo tempo, quando o Glorioso marcou seu gol. Portanto, o técnico Vágner Mancini analisou o resultado em si e, também, a atuação do seu time durante os 90 minutos.

Vágner Mancini vê um empate “com sabor de derrota”

Primeiramente, o treinador avaliou que o empate teve um “sabor de derrota”. Já que o América-MG vencia o jogo até os 41′ do segundo tempo por 1 x 0.

“Não tenha dúvida que sim [empate com sabor de derrota]. Porque estávamos vencendo até ao final do jogo. Mesmo a gente reconhecendo que foi um jogo muito equilibrado, onde o América foi melhor no primeiro tempo e o Botafogo no segundo, chegamos muito perto da vitória”, disse Vágner Mancini.

Além disso, Vágner Mancini fez questão de externar sua insatisfação com o empate em casa. Mas, preferiu olhar para os pontos positivos.

“De certa forma, isso deixa a gente um pouco chateado. Mas, é o futebol, é o Brasileirão. Temos que saber assimilar isso aí, pois somamos um ponto”, continuou.

Análise do jogo

Por fim, Vágner Mancini analisou o desempenho da equipe do América-MG, e como o jogo se desenrolou. De acordo com o técnico do Coelhão, o time sentiu os efeitos da viagem para Ibagué, onde encarou o Tolima na quarta-feira (18).

“Se você for analisar bem a partida, ela foi muito equilibrada até os 20 minutos. Mas, até o intervalo o América teve um volume de jogo muito interessante. Perdeu várias oportunidades e ainda fez o seu gol. Voltamos para a segunda etapa, e aí encontramos um Botafogo com uma postura diferente. É óbvio que no segundo tempo você começa a sentir os efeitos de uma viagem, de ter jogado lá na Colômbia, de ter chegado em BH na quinta-feira meia noite, de não ter tido tempo de treinamento e descanso. Não é desculpa, óbvio. Mas, eu senti o Botafogo com um pouco mais de força física na segunda etapa”, finalizou.

Foto destaque: Divulgação / América FC

Caian Oliveira
Minha paixão sempre foi o futebol. Mas, nunca sonhei em ser jogador. Não, meu sonho de moleque era levar o futebol às pessoas através da Comunicação. E aqui estou, realizando meu sonho.
Você está aqui
Futebol Na Veia > Setoristas > América-MG > Vágner Mancini lamenta empate do América e relembra viagem para Colômbia