Finalista do Campeonato Paulista 2020 e atual tricampeão estadual, o Corinthians pode chegar ao seu tetracampeonato da competição, caso supere o rival Palmeiras. Além da possibilidade de conquista do título do Paulistão, o Alvinegro pode alcançar a marca de 19 títulos neste século. Assim, podendo se igualar Internacional, como maior vencedor do século no Brasil. 

Logo, para alcançar à essa grande marca, o Timão terá de triunfar sobre o Verdão no estadual, e ainda torcer por tropeço do Colorado. Vale lembrar que o Inter enfrentará o Grêmio pelo jogo final do 2º turno do Campeonato Gaúcho. Portanto, o vencedor do Gre-Nal disputará a grande decisão do Gauchão contra o Caxias, com data ainda a ser definida. 

Desde 2001, o Corinthians vive intensa disputa por títulos, são 18 conquistados até aqui e caso vença o Paulistão, serão 19 troféus só neste século. Assim, neste período, o Alvinegro já faturou: um torneio Rio-São Paulo, sete Paulistas, cinco Campeonatos Brasileiros (uma Série B), duas Copas do Brasil, uma Recopa Sul-Americana, uma Libertadores e um Mundial.

O Corinthians chega a sua nona final de Paulistão neste século, tendo vencido sete e perdido apenas uma, em 2011, para o Santos de Neymar. A exemplo de Campeonato Paulista, Copa do Brasil e outros, em campeonatos mata-mata, o Alvinegro disputou 18 finais, tendo levado a melhor em 13 oportunidades, equivalente a 72% de aproveitamento.

MARCAS IMPORTANTES

Além da possibilidade de se tornar o maior campeão do século, é importante dizer que o Corinthians está próximo de um feito inédito, caso confirme o título no sábado, uma vez que, após a profissionalização do futebol de São Paulo, em 1933, nenhum time conseguiu, ainda, ser campeão paulista por quatro anos seguidos. Portanto, a equipe do Parque São Jorge entrará em campo para os dois jogos finais com possibilidade de alcançar grandes feitos em sua história.

Foto destaque: Divulgação/ Twitter/ @Corinthians 

Victor Parrini
Victor Parrini
Como amante de rádio, TV e esportes (principalmente o futebol), esses foram alguns dos motivos que me levaram a escolher o jornalismo para a minha vida. Como jornalista, quero ouvir e contar histórias, porque isso é o que nos move. Aqui exponho meu primeiro contato com a escrita esportiva.

Artigos Relacionados