Na tarde deste domingo (21), às 16h (horário de Brasília), o Flamengo recebeu o Internacional no Estádio do Maracanã. Poderia ser apenas mais um confronto da 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, no entanto, o duelo foi praticamente uma final antecipada. Isso porque, na liderança, o clube gaúcho precisava apenas vencer para se sagrar campeão nacional após 41 anos. Entretanto, o rubro-negro, que também briga pelo título, levou a melhor e venceu de virada pelo placar de 3 x 1, agora assumindo a ponta e dependendo dele mesmo para levantar a taça pela segunda temporada seguida

1º TEMPO

A partida se iniciou com as duas equipes se estudando, jogando em casa o Flamengo tomou a iniciativa de buscar as jogadas. No entanto, aos oito minutos,  após jogada na ponta esquerda, Moisés recebeu e cruzou na área, buscando Yuri Alberto. Entretanto, na tentativa de evitar a chegada do atacante, o zagueiro Gustavo Henrique puxou o camisa 11. Sendo assim, após analisar o lance no VAR, o árbitro Raphael Klaus assinalou penalidade  para o colorado. Foi ai que Edenílson bateu e acertou o ângulo esquerdo de Hugo, sem chances para o goleiro. Com esse resultado o time de Abel Braga garantia o título nacional.

Em contrapartida, o Flamengo começou a ir para cima do adversário, isso porque o time de Rogério também luta pelo título brasileiro. Foi ai que aos 28 minutos, Bruno Henrique ganhou a jogada na linha de fundo pela esquerda e cruzou para trás, livre de marcação, Arrascaeta escorou de esquerda, a bola bateu na trave e entrou no gol de Marcelo Lomba. Após o gol marcado, o Flamengo começou a dominar as ações e tendo uma maior posse de bola, registrando o máximo de 61% com a bola nos pés. Apesar disso, a etapa inicial terminou mesmo no 1 x 1, resultado que colocava mais fogo no duelo e no Brasileirão.

2º TEMPO

Já no primeiro minuto de jogo, ocorreu um lance que mudaria o patamar do confronto. Isso porque, em dividida no meio de campo, Rodinei pisou no tornozelo de Filipe Luís, o árbitro foi chamado ao VAR, que após rever o lance optou por expulsar o lateral colorado. Em contrapartida, Rogério Ceni optou por colocar mais um atacante, já que estava com um jogador a mais. Sendo assim, Pedro entrou no lugar de Isla, e foi ele que aos nove minutos completou um cruzamento de Bruno Henrique, a bola passou próxima a trave direita e saiu.

A supremacia flamenguista deu resultado, isso porque aos 17 minutos, Arrascaeta da lindo passe que rasga a defesa adversária, e encontra Gabigol. Com isso o camisa 9 girou o corpo e deu um toque, tirando Lomba da jogada e virando o jogo. O Flamengo marcou outros dois gols com Pedro, porém o atacante estava impedido no primeiro e cometeu falta no segundo, sendo assim, os dois não valeram. Com isso, o clube carioca depende apenas de si para se campeão nacional.

FLAMENGO X INTERNACIONAL – E AGORA?

O Flamengo não liderou a competição em nenhuma rodada, quis o destino que com a vitória de hoje, o rubro-negro assumisse a ponta. Com o resultado o rubro-negro chega aos 71 pontos e depende apenas de si para ser campeão. Isso porque, o time de Rogério Ceni o enfrenta o São Paulo no Morumbi, na quinta-feira (25), às 21h30, horário de Brasília). Por outro lado, a equipe de Abel Braga deixou a chance de ser campeão com uma rodada de antecedência, no qual sairia da fila após 41 anos. No entanto, o time tem 69 pontos e precisa vencer o Corinthians, no Beira Rio na quinta, às 21h30  e torcer para vitória do São Paulo.

MELHORES MOMENTOS – FLAMENGO X INTERNACIONAL

Imagem Destaque: Alexandre Vida/Clube de Regata Flamengo

Raphael Almeida
Raphael Almeida
Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

Deixe uma resposta