Presidente eleito Sérgio Coelho no Galo

A Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo do Clube Atlético Mineiro, elegeu a nova diretoria executiva para o triênio 2021/2023. Primeiramente, quase 60% dos conselheiros compareceram para votar na chapa única “Galo Sempre Forte”. Com 188 votos, foram eleitos Sérgio Batista Coelho para presidente, e José Murilo Procópio para vice-presidente. Sendo que, ainda houve um voto em branco.

“A votação surpreendente que tivemos, num momento de absoluta adversidade, me deixa muito feliz, mas também aumenta minha responsabilidade”, disse Sérgio Coelho.

Em síntese, a eleição realizada na última sexta-feira (11), teve início às 9h (horário de Brasília), e se encerrou às 17h (horário de Brasília), conforme prevê o Estatuto do Clube. Sobretudo, seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19.

THIAGO NEVES

O Atlético esteve muito próximo de contratar o meio-campista Thiago Neves, um dos maiores desafetos da torcida alvinegra nos últimos anos. Em entrevista na última quinta-feira (10), o atleta que hoje defende o Sport, revelou que teve vontade de acertar com o Galo.

“Eu tomei um susto. Cheguei no Rio e me liga o Alexandre Mattos, então eu na hora pensei: é mais uma loucura na minha vida. Quando eu atendi, a primeira coisa que o Alexandre falou foi: quer ser campeão comigo? Na hora eu falei que sim, porque adoro essas loucuras. Já iria chegar lá falando um monte de besteira. Depois, eu falei com o Alexandre que ele sabia como funcionava, mas que eu topava e perguntei se eles também estariam preparados pelo que estaria por ir. O Mattos disse que sim, que o presidente, que não sei o que, que Sampaoli queria falar comigo no dia seguinte”, disse o atleta.

Em suma, a negociação entre as partes ocorreu em setembro, e a bomba estourou na noite do dia 14, após o comentarista Cadu Doné soltar a informação.

Posteriormente, rapidamente os torcedores nas redes sociais começaram uma campanha contra a vinda do atleta. Após muito barulho, a diretoria alvinegra desistiu da negociação. Thiago Neves ressalta ainda, que o técnico Jorge Sampaoli entrou em contato, e afirmou que queria contar com o seu futebol.

“Aí me liga o Sampaoli. A gente faz tudo que pediam, da forma que pediram, tudo bonitinho no papel, rabisquei e meti a caneta. Depois de 15′, me ligam de volta e falam: deu ruim aqui, negócio complicou, não vai dar não. Estou indo pela segurança do Thiago e é melhor ele não vir. Infelizmente”.

https://twitter.com/Atletico/status/1337561860883836930?s=20

Foto Destaque: Reprodução/Twitter Oficial Atlético

Rhaíssa Oliveira
Mineira, 30 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, sobretudo amante do futebol. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, e é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!

Artigos Relacionados