Jean, ex-goleiro do São Paulo

Nesta quinta-feira (13), o Cerro Porteño anunciou a contratação do goleiro Jean, que pertencia ao São Paulo. Assim, o Tricolor Paulista irá receber uma quantia que vai ajudar a amenizar a dívida do clube. Contudo, o valor é muito baixo em relação aos problemas financeiros da equipe.

A princípio, Jean jogou a temporada passada pelo Cerro Porteño, mas por empréstimo. Assim, o camisa 1 teve uma boa passagem no Paraguai, o que fez a equipe se interessar pela contratação. Todavia, o negócio quase melou devido a um caso de indisciplina. O goleiro foi expulso em uma partida e fez uma provocação aos torcedores rivais, que foi mal interpretada.

Entretanto, essa não foi a primeira polêmica que Jean se envolveu. Inclusive, esta foi a menor. Afinal, o goleiro foi preso por violência doméstica. A atleta agrediu a ex-mulher com socos na face e a companheira (na época), foi às redes socias expor o caso. Além disso, registrou um boletim de ocorrência. Contudo, meses depois, a vítima retirou as queixas e o processo foi arquivado.

Após a polêmica, o São Paulo decidiu afastar o jogador e logo depois decidiu emprestá-lo. Primeiramente, atuou pelo Atlético-GO, atuou em 46 partidas e anotou seis gols. Na sequência, foi tentar carreira no exterior e migrou para o Paraguai. No Cerro Porteño fez 25 jogos e chamou a atenção. Por isso, o time decidiu comprá-lo em definitivo.

Portanto, o acordo entre os clubes foi de US$ 1,1 milhão (cerca de R$ 6 milhões). Agora, a passagem do goleiro com o São Paulo chegou, de maneira definitiva, ao fim. Assim, o vínculo do jogador com o Cerro Porteño será ate dezembro de 2025. Além disso, o Bahia também será beneficiado.

Foto Destaque: Divulgação/Cerro Porteño

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.

Deixe um comentário