treino do São Paulo

Neste domingo (19), o São Paulo terá novidades para o jogo contra o Atlético-GO. Afinal, alguns atletas retornam de lesão e ainda há expectativa de estreia no Morumbi. Assim, este é um jogo chave para o Tricolor Paulista começar a melhorar no Campeonato Brasileiro. 

A princípio, Wellington está recuperado da lesão que o afastou por um bom tempo. Portanto, o atleta deve estar presente no banco de reservas. Além disso, Arboleda volta a jogar pelo Brasileirão. Afinal, o zagueiro ficou de fora na rodada anterior, pois estava machucado. Marquinhos treinou normalmente nesta sexta-feira (17) e pode ser relacionado.

Além disso, uma das novidades do São Paulo é o retorno de Calleri. Dessa forma, o atacante é a grande esperança de gols do time do Tricolor do Morumbi. Contudo, o argentino não tem condições físicas de atuar em uma partida completa. Portanto, Crespo deve acioná-lo nos 30 minutos finais.

O retorno desses atletas é fundamental para o São Paulo. Afinal, Miranda tomou o terceiro cartão amarelo. Dessa forma, Arboleda irá substituí-lo. Agora, Wellington vai brigar por posição com Reinaldo. Por fim, Marquinhos deverá ficar no banco de reservas esperando uma nova chance.

Por outro lado, Benítez também estará de fora. O argentino foi punido pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Assim, a sentença do atleta é de dois jogos fora. Inclusive, o camisa 8 já cumpriu suspensão no jogo contra o Athletico. Dessa forma, o jogador voltará somente diante do América-MG. Assim, Gabriel Sara pode pintar entre os titulares no próximo jogo.

O São Paulo volta a campo neste domingo (19), contra o Atlético-GO, no Morumbi, às 16h (horário de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro.

Foto Destaque: Divulgação/Érico Leonan/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.