O São Paulo possui o 2° pior ataque no Campeonato Brasileiro. Assim, o Tricolor Paulista vê a atual temporada como uma das piores em sua história. Portanto, Rogério Ceni tentará mudar esse status a partir do próximo jogo, diante do Flamengo. Embora melhorar o sistema ofensivo seja o grande objetivo de 2022, a equipe precisa fazer mais gols para tentar a classificação à Libertadores.

A princípio, o São Paulo divide a posição de 2° pior ataque da competição com o Atlético-GO. Então, ambos marcaram apenas 24 gols, equivalente a menos de um tento por jogo. Dessa forma, a única equipe que tem um desempenho pior é o Sport, com 19 gols anotados. Portanto, o time treinou finalizações nessa semana.

Leia mais:

Razões para o São Paulo ter o 2° pior ataque

O mau desempenho ofensivo tem alguns motivos para terem ocorrido. O São Paulo sofreu muito com lesões nessa temporada. Assim, em muitas oportunidades o Tricolor Paulista não tinha os seus principais jogadores. Além disso, nenhum atacante da equipe conseguiu embalar uma sequência de gols, com exceção de Rigoni. Contudo, o atacante não marca há alguns jogos.

Por outro lado, Calleri chegou com grandes expectativas e inclusive balançou as redes algumas vezes. Entretanto, o atleta está voltando de lesão e precisa de mais ritmo de jogo. Luciano, outro atacante do clube, vive um jejum de gols que o incomoda. Porém, a torcida não critica o jogador, pelo contrário, tem seu nome ovacionado em todas as partidas.

O treinador são-paulino tem preferência por time velozes, como foi no Flamengo e Fortaleza. Contudo, as características do elenco não são essas. Afinal, desde os tempos de Fernando Diniz, o São Paulo opta por mais posse de bola do que chegar com velocidade lá na frente. Assim, mudar o time fica quase impossível, já que os únicos jogadores com esse estilo são Rojas e Marquinhos.

Em suma, o equatoriano está de saída, pois deve rescindir contrato nesta semana. Por outro lado, Marquinhos ainda é jovem e precisa de mais confiança. A torcida deposita muita esperança no  jovem jogador, onde há pressão de parte dos torcedores pela titularidade do made in Cotia.

A tentativa de mudar esse cenário começa em um jogo commplicado. O São Paulo irá receber o Flamengo, no Morumbi, neste domingo (14), às 16h (horário de Brasília), em jogo válido pela 32ª rodada do Brasileirão.

Foto destaque: Divulgação/Rubens Chiri/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.