No último domingo (19), o São Paulo conseguiu fazer um bom jogo e venceu o Atlético-GO. Assim, a equipe vai tentar embalar uma sequência de vitórias no Campeonato Brasileiro. Além disso, esta partida serviu para mostrar que o time “esqueceu” a eliminação e está focada em conseguir a classificação à Libertadores. Inclusive, Hernán Crespo se mostrou contente com a vitória.

“O São Paulo voltou a jogar bem, ter prazer de jogar um bom futebol. Acredito que fizemos um ótimo primeiro tempo; no segundo tivemos a chance de aumentar o placar, mas talvez a vontade de ganhar este jogo fez com que complicássemos um pouco a vida com o 2 a 1.”, disse o treinador.

A princípio, a partida fez com que os atletas voltassem a ter aquela confiança que vinham tendo no Paulistão. Afinal, quase todos os jogadores do São Paulo fizeram um bom jogo. Dessa forma, os principais destaques foram Luan, Arboleda, Rigoni e Luciano. Aliás, o volante ganhou o troféu de melhor em campo. O made in cotia concedeu entrevista coletiva e fez questão de mostrar que o time está incomodado com a atual situação.

“Acredito que todos nós jogadores estamos incomodados com a situação. Conversamos entre nós, diretoria e comissão. O primeiro passo era vencer hoje, tirar o São Paulo desta situação. Vamos levar cada jogo como se fosse uma final para levar o São Paulo acima na tabela.”, afirmou Luan.

Agora, o São Paulo terá tranquilidade para trabalhar e tentará melhorar no Brasileirão. Para isso, o Tricolor Paulista vai enfrentar o América-MG, na quarta-feira (22), às 20h30 (horário de Brasília), pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro (jogo atrasado).

Foto Destaque: Divulgação/São Paulo F.C

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.