Nesta terça-feira (4), a coluna Parabéns ao Craque homenageia um dos maiores goleiros da história do futebol brasileiro. Marcos Roberto Silveira dos Reis, ou simplesmente São Marcos, completa 47 anos. Nascido em Oriente, São Paulo, o arqueiro jogou toda sua carreira no Palmeiras e ficou mundialmente conhecido por participar da seleção no pentacampeonato mundial pela Seleção  Brasileira.

INÍCIO DE CARREIRA

Apesar de fazer a carreira profissional inteira no Palmeiras, o goleiro Marcos começou no modesto Lençoense. Foram dois anos no time do interior. Ainda na base, chegou a ser emprestado ao Corinthians, porém passou apenas três meses treinando.

Após a passagem rápida pelo Alvinegro, Marcos voltou para Lençóis até ser negociado com o Alviverde de Palestra Itália. Chegou para ser o terceiro goleiro da equipe, fez sua estreia aos 18 anos, em um amistoso, e já mostrava toda sua habilidade embaixo das traves, ao defender uma penalidade.

Foto: Divulgação/Instagram/Marcosgoleiro12

Contudo, apesar de fazer um ótimo jogo, São Marcos continuou como reserva e só voltou a jogar pelo clube em 1996. Assim, após este ano, Marcão virou o reserva imediato até o ano de 1999, quando assumiu de a titularidade do Verdão.

Com toda certeza, o ano de 1999 foi mágico para o goleiro do Palmeiras, quando na penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores, o então titular Velloso se machucou e Marcos assumiu a meta do Alviverde e não largou mais.

SÃO MARCOS

Suas atuações eram cada vez mais destaques do time de Palestra Itália. Marcos operava milagres no gol. Mas nos jogos contra o maior rival, o Corinthians, foi onde o goleiro conquistou de vez o coração dos torcedores. Chamou mais atenção nas quartas de final, contra o arquirrival pela Libertadores, onde ajudou na classificação, fazendo defesas espetaculares. Com isso, depois do jogo, veio o apelido de São Marcos.

Foto: Divulgação/Instagram/Marcosgoleiro12

Com grandes apresentações, o arqueiro ajudou o Palmeiras na conquista do título continental. Além da conquista, ainda recebeu o prêmio de melhor jogador do torneio e revelação da competição.

No ano de 2000 São Marcos consolidava cada vez mais a posição de ídolo do clube. Novamente contra o rival Corinthians e novamente na Libertadores, o goleiro fez seus milagres, em defesas espetaculares.

https://www.instagram.com/p/CBGQ-itpRcu/

Após dois grandes jogos, a partida foi para os pênaltis. Com isso, foi a vez do Santo aparecer. Marcos defendeu a cobrança de Marcelinho Carioca, ídolo do rival. Uma imagem para história do clube.

CAMPEÃO DO MUNDO E REBAIXADO

Então, em 2002, o goleiro foi convocado pelo técnico Felipão para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo. Com isso, o goleiro deixou de ser o São Marcos do Palmeiras, para o ser o Santo do torcedor brasileiro.

Suas atuações se destacavam mais ainda, onde operando cada vez mais milagres. O arqueiro ajudou a seleção a chegar à final. Marcão sofreu apenas quatro gols em todo torneio e foi eleito o terceiro melhor goleiro da Copa, além de ser o quarto melhor do mundo.

Comemoração do Penta. Foto: Divulgação/Instagram/Marcosgoleiro12

Mas nem tudo foram flores no ano para o goleiro. No final de 2002, o Palmeiras acabou rebaixado para Série B do Brasileiro. O arqueiro recebeu uma proposta do Arsenal, da Inglaterra, mas preferiu permanecer e ajudar o clube a voltar para a elite do futebol. São Marcos comentou o episódio Arsenal:

“Deixei de ser apenas um jogador de futebol quando recusei uma proposta de R$ 45 milhões para jogar no Arsenal, da Inglaterra, e preferi disputar a Série B do Brasileiro pelo Palmeiras.”

Além dos Gunners, o ídolo recebeu sondagens de vários clubes brasileiros. O goleiro santo permaneceu e ajudou o clube a voltar para primeira divisão. Dizer não aos clubes só mostrou a grandeza deste arqueiro.

LESÃO E VOLTA POR CIMA

São Marcos permaneceu titular do Palmeiras até o ano de 2007, quando em um jogo contra o Juventus, o arqueiro se machucou e ficou por muito tempo parado. O goleiro só voltou a atuar no ano de 2008, se tornando um dos maiores jogadores da história do clube.

Foto: Divulgação/Instagram/Marcosgoleiro12

Ainda na temporada de 2008, Marcão mostrou cada vez mais ídolo do Palmeiras. Em uma partida contra o Grêmio, onde o clube precisava vencer, continuou mesmo fazendo defesas maravilhosas. Nos instantes finais, o goleiro abandonou a meta por quatro oportunidades para tentar marcar, o que acabou não acontecendo.

As atuações eram cada vez melhores e mais marcantes para os torcedores. No final de 2008, o arqueiro foi eleito o 3° jogador mais popular do mundo pelo IFFHS. Na temporada seguinte, Marcos novamente foi importante na história do clube, defendendo três pênaltis contra o Sport pela Libertadores.

Foto: Divulgação/Instagram/Marcosgoleiro12

Ainda em 2009, o Palmeiras não fazia uma grande campanha, mas São Marcos continuava operando milagres no gol alviverde. Suas grandes defesas fizeram com que ele fosse eleito o segundo melhor goleiro do Campeonato Brasileiro.

FIM DE CARREIRA

Em 9 de julho de 2010, o Verdão se despedia do Estádio Palestra Itália, em um jogo contra o Boca Juniors. Antes do jogo começar, São Marcos recebeu uma placa comemorativa por ser o jogador que mais atuou pelo clube no Estádio.

No ano de 2011, as dores já começaram a atrapalhar a sequência de jogos do goleiro. Mas, sempre que entrava em campo, São Marcos era idolatrado pela torcida do Palmeiras. Então, no início no ano de 2012, o goleiro resolveu se aposentar do futebol. Em 14 de janeiro, a torcida do Alviverde fez uma procissão pedindo a beatificação do Santo Goleiro.

Já aposentado, o arqueiro ganhou um busto do clube, mostrando toda sua idolatria. Ainda futuramente se tornou embaixador do clube. Ademais, São Marcos disputou 534 jogos pelo Palmeiras e é o 7° atleta com mais partidas.

Busto do Marcos Foto: Divulgação/Instagram/Marcosgoleiro12

Por fim, São Marcos é mais do que um ídolo palmeirense. Assim, todas as grandes atuações e milagres operados embaixo das traves se somam a todo seu carisma e simpatia. Dessa forma, isso é o que faz com que Marcos seja adorado por muitos rivais.

Foto destaque: Divulgação/Palmeiras

Eddie Toschi
Edwaldo Toschi, bacharel em Direito e especialista em Jornalista esportivo através de cursos ministrados por jornalistas renomados como Alexandre Praetzel, Celso Unzelte, Mário Marra dentro outros. Sou um apaixonado por futebol. Apresentador do canal Sai Que é Sua no YouTube.

Artigos Relacionados