Santos: Holan quer pelo menos dois reforços, mas irá testar alguns nomes da base

O novo treinador do Santos, Ariel Holan, sabe da dificuldade financeira do Peixe e das punições. No entanto, já avisou que precisa de pelo menos dois reforços. Dessa forma, irá tentar utilizar alguns jovens da base. Analisando junto com seus analistas de desempenho, as posições de necessidade são: um armador camisa 10 e um zagueiro para o lado de Luan Peres.

ARIEL HOLAN GOSTARIA DE NOVAS CONTRATAÇÕES

Antes de mais nada, o argentino gostaria de ter cinco novas contratações. Seriam, de um lateral-esquerdo, outro meio-campista e mais um ponta. No entanto, as prioridades são um zagueiro e um armador, que são as maiores necessidades do Peixe. Após a saída de Lucas Verissimo ao Benfica, Luís Felipe e Laércio foram testados na defesa. Porém não foram muito bem quando colocados para jogar.

A posição de meio campo era de Carlos Sanches, que sofreu uma lesão no começo do ano passado. Com isso,  Jean Motta era a maior esperança da diretoria santista. No entanto, não se saiu bem. Além disso, o jovem Lucas Lourenço foi escalado e também decepcionou. Assim, o ex-técnico Cuca improvisou Soteldo e Lucas Braga na posição.

REFORÇOS CASEIROS DO SANTOS

De antemão, na zaga, Sabino, Kaiky Fernandes e Robson Reis serão testados. Dentre os torcedores, Sabino é o favorito pelo ótimo Campeonato Brasileiro que fez no Coritiba. Além disso, no meio-campo, a primeira alternativa foi Gabriel Pirani, que atuou o segundo tempo contra o Bahia. Kevin Malthus também pode aparecer por ali nos próximos dias, assim como Lucas Lourenço. O jovem Ivonei pode ser testado. No entanto, a armação não é sua posição de origem. Com isso, Jean Mota é a opção entre os mais experientes.

https://twitter.com/SantosFC/status/1365454106551341062?s=20

PUNIÇÃO DA FIFA

O Santos está punido desde o ano passado com o Transfer Ban da Fifa. A proibição vale desde a compra de jogadores e o não pagamento, como os de Cleber Reis, ao Hamburgo (ALE), e Felipe Aguilar, que veio do Atlético Nacional (COL). No entanto, esses clubes já receberam o dinheiro que o Peixe estava devendo. Portanto, a punição agora é com outro time. 

O problema da vez está com o Huachipato (CHI), pela compra de Soteldo. Com isso, o Santos não tem data para pagar os chilenos. No entanto, tenta um acordo com o clube, por uma dívida da chegada do jogador em 2019 e está otimista por um acerto em breve.

Foto Destaque: Divulgação/Santos

Alef Sousa
Sempre fui apaixonado por esportes, especialmente futebol. E vi através do jornalismo uma oportunidade de estar trabalhando com a minha Paixão. Estou no 5º Semestre da faculdade de Jornalismo. Meu grande Objetivo é torna-me repórter de campo e cobrir grandes competições. Sou um cara, extrovertido, animado, comunicativo e cheio de vontade de aprender.