Nesta terça-feira (2), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou as 23 atletas convocadas para a Seleção Brasileira Feminina sub-20. A saber, a lista conta com seis jogadoras do Santos: A lateral direita Bruninha; as meio-campistas, Laura e Luana; além do trio de ataque, Analuyza, Giovanna e Marussi.

Contudo, o nome que mais chamou atenção, foi da lateral direita Bruninha, que teve seu nome publicado como jogadora do Santos. Porém, a assessoria do clube ainda tinha divulgado a sua contratação.

SANTOS ANUNCIA REFORÇO PARA AS SEREIAS

O Santos anunciou seu primeiro reforço para a temporada 2021 das Sereias da Vila. Primeiramente, o perfil oficial da CBF publicou a lista com as convocadas. Com isso, a torcida do Peixe percebeu que estava chegando reforço na área. A saber, na publicação da CBF, a lateral Bruninha estava como jogadora do Santos, porém atuava a dois anos pelo Internacional.

Com isso, horas depois o Santos anunciou o seu primeiro reforço de 2021 para as Sereinhas. Inclusive, com apenas 19 anos, Bruna acumula diversas convocações para a Seleção Brasileira Sub-20.

SELEÇÃO FEMININA SUB-20

À princípio, o técnico Jonas Urias fará um período de treinos com as atletas. A saber, a concentração acontecerá na Data FIFA, entre 15 e 24 de fevereiro. Assim como na última convocação, em novembro de 2020, o período de treinos respeitará um rigoroso protocolo sanitário.

Sendo assim, a Comissão Especial de Médicos da CBF definiu critérios com medidas protetivas a serem executadas durante todo o período, afim de proteger a saúde dos profissionais.

A saber, o Santos foi o clube que teve mais jogadoras convocadas. Isso porque, as Sereinhas fazem uma ótima campanha no Brasileirão Feminino Sub-18. Com isso, o Peixe tem 12 pontos e já está classificado para a próxima fase da competição.

Foto Destaque: Divulgação/ Santos F.C.

Thaynara Bernardo
Thaynara Bernardo
Acompanho futebol desde os meus 10 anos, e quando precisei escolher uma profissão, vi no Jornalismo uma oportunidade de trabalhar com o que gosto. Quando entrei na faculdade, estava totalmente focada em ser repórter pra TV, porém nesses 7 semestres me aprofundei em muitos veículos de comunicação e assessoria, então ampliei meus horizontes e peguei gosto também por rádio, portais de notícias e até me interesso em assessorar um clube futuramente. Hoje estou decidida que quero trabalhar com o jornalismo esportivo, e já penso em uma pós-graduação na área, pra estar à altura do que o mercado de trabalho exige.