River Plate e Atlético-MG se enfrentaram nesta quarta-feira (11), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores. O confronto aconteceu às 21h30 (horário de Brasília), no Monumental de Núñes, em Buenos Aires, na Argentina.

River Plate e Atlético-MG se enfrentaram nesta quarta-feira (11), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores. O confronto aconteceu às 21h30 (horário de Brasília), no Monumental de Núñes, em Buenos Aires, na Argentina. Em suma, Everson brilhou, Nacho decidiu e Galo largou em vantagem nas quartas de final da competição.

ASSISTA OS MELHORES MOMENTOS DE RIVER PLATE X ATLÉTICO-MG

1º TEMPO: DO RIVER

Primeiramente, a etapa inicial foi de domínio quase completo dos argentinos. O time da casa começou em cima, mantendo a posse de bola no campo de ataque, mas sem conseguir levar muito perigo ao gol. Aos 23′, quando parecia que o time visitante começava a controlar as ações do jogo, Angileri acertou uma pancada da entrada da área, que explodiu na trave após raspão na luva de Everson. O goleiro, aliás, foi o grande nome do primeiro tempo, e voltou a salvar o Atlético aos 31′, após cabeçada de Brian Romero, e aos 43′, quando defendeu chute cruzado de Alvarez, dentro da área.

Contudo, o Galo teve uma única boa chance, aos 36′: mas Zaracho perdeu de frente para Armani. Sendo assim, lucro para o time de Cuca, que conseguiu levar o placar de 0 x 0 para o vestiário.

2º TEMPO: DO GALO

Posteriormente, o Atlético voltou para a segunda etapa de forma completamente diferente, o que assustou o River Plate. Com cinco minutos, o time brasileiro já tinha feito muito mais do que em todos os 45′ iniciais, com três boas chances. A primeira com Eduardo Vargas: que completou cruzamento de Guilherme Arana e obrigou Armani a fazer linda defesa. Depois, Arana teve duas boas oportunidades. Aos oito minutos, outra grande chance com Vargas, que finalizou nas mãos do goleiro do River.

Aos 12′, finalmente saiu o gol: lei do ex de Nacho Fernández, após linda ajeitada de cabeça de Hulk. O Galo seguiu dominando a partida, até que aos 38′, Nacho acabou expulso após entrada dura em Angileri e revisão do VAR. O time do Atlético se segurou nos minutos finais: teve Everson novamente inspirado e garantindo a vitória gigantesca no Monumental.

RIVER PLATE X ATLÉTICO-MG – E AGORA?

Em conclusão, com o resultado, o Galo passa a jogar pelo empate na partida da volta, na próxima quarta-feira (18), às 21h30 (horário de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte. Uma derrota por 1 x 0 leva a decisão para os pênaltis. Entretanto, caso o River balance a rede atleticana mais de uma vez, passa a ter a vantagem pelo critério dos gols fora de casa.

Enfim, antes do duelo do jogo da volta, o Atlético tem confronto importantíssimo pelo Brasileirão: no sábado (14), recebe o Palmeiras, às 19h (horário de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte, em um duelo de líder contra vice-líder, valendo a ponta do campeonato.

Foto Destaque: Reprodução/Atlético

Rhaíssa Oliveira
Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira de 30 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, sobretudo amante do futebol. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, e é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!