Renato Augusto

Antes de tudo, o Corinthians recebe o Cuiabá, neste sábado (13), em partida válida da 32ª rodada do Brasileirão 2021. A saber, na Neo Química Arena, às 21h (horário de Brasília). Dessa maneira, o meio-campista Renato Augusto em entrevista coletiva, nesta sexta-feira (12), falou sobre jogar na posição de falso nove, pois nos últimos jogo está sendo utilizado pelo Sylvinho.

“É uma função que não é novidade para mim. Fiz muitas vezes na China e até no Corinthians em pré-Libertadores, quando o Paolo (Guerrero) foi expulso e tive que jogar de nove, fui importante. Não é uma função que me incomoda. Eu me coloquei à disposição do Sylvio porque o Róger Guedes estava fazendo essa função e estava incomodado. No jogo do Inter, fizemos uma troca e conseguimos uma virada contra um time muito forte, na casa do adversário, em uma jogada que eu estava fazendo de nove. Ali o jogo encaixou “, disse Renato Augusto.

Logo depois, avaliou que não rende muito fora de seu habitat, porém é para ajudar a equipe nessa reta final.

 “Sei que não é a função que eu posso render mais, mas chega um momento do campeonato, o que estamos vivendo, que você tem que abrir mão do que é melhor para você para ajudar o grupo. Eu me coloquei à disposição. Não vejo um problema tão grande quanto a isso”, declarou.

RENATO AUGUSTO APONTA OUTRA VERSATILIDADE

Por fim, indicou sua melhor posição no campo.

“Claro que a função que eu mais gosto e que é a minha, é vindo mais de trás, como oito e às vezes de dez. Mas eu já joguei várias vezes, na China já joguei como nove e até de ponta. Como nove você toca menos na bola, isso é óbvio, não tem o que fazer. É tentar se adaptar para o que o time está precisando e buscar as vitórias. O mais importante é tentar. O mais importante não é eu estar bem, é a instituição estar bem. Se chegar um momento que acharem que é melhor eu voltar para a minha posição, vamos voltar”, completou.

Foto destaque: Divulgação/Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Juan Camilo
Meu nome é Juan Pablo, tenho 19 anos e estudo Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi (UAM). O jornalismo é um privilégio de estar nessa área incrível. Amo futebol, basquete, jogos antigos. Meu objetivo é conseguir ser um dos melhores jornalistas e ser correspondente esportivo.
https://linktr.ee/juanpablocamilo