Volante Raul

O volante Raul está próximo de deixar o Vasco. O jogador recebeu proposta do RB Bragantino e, caso as duas partes se acertarem, ele assinará contrato de dois anos com seu novo clube. Raul não aceitou o recente acordo salarial feito pelo clube de São Januário: pagar as folhas de março e abril em 12 vezes. Ademais, o centroavante da equipe paulista, Matheus Peixoto,pode ser envolvido na negociação. A informação foi divulgada pelo canal Atenção, Vascaínos.

Nesse ínterim de renovação, outro fato dificultou ainda mais a permanência do volante Raul. Ele não foi utilizado por Ramon Menezes no jogo-treino de sábado (18) contra o Macaé, apesar de ter jogado como titular no confronto da última quarta-feira (15) diante do Porto Velho-RO. Após o teste no fim de semana, o atleta realizou um trabalho físico no gramado principal de São Januário. Em outras palavras, o atleta tinha condições de jogar.

O Vasco faz de tudo para manter seu jogador, mas há pendências no aumento da remuneração que dificulta o caso. Raul não assinou o acordo oferecido pelo Vasco, no último dia 10 de julho. O clube também tem dívidas com o jogador nos direitos de imagem, que seria quitada em 12 parcelas.

ENVOLVIMENTO NA NEGOCIAÇÃO

Por outro lado, o RB Bragantino assiste de “camarote” o desenrolar da história entre Raul e Vasco. Todavia, a equipe paulista ofereceu Matheus Peixoto, centroavante de 24 anos, como acordo para contar com Raul. Matheus Peixoto marcou 22 gols em 78 partidas jogadas pelo time de Bragança Paulista. Já Raul, com seu destino quase certo, deixa o Gigante da Colina com 83 jogos e dois gols marcados.

Foto Destaque: Reprodução / André Durão

Gustavo Silveira
Tenho 21 anos, estou no 6° período de jornalismo e escolhi essa área justamente por conta do esporte. Já tive a vivência nessa área em 2018, quando participei da libertadores feminina que foi sediada na minha cidade. Agi como repórter da beira do campo, participei das coletivas de imprensa, entrevistei jogadoras depois do treinamento e escrevi matérias pós jogo de todos as partidas realizadas. Meu ponto forte é a escrita e me inspiro em pessoas de nome como o Rafael Oliveira que hoje está na DAZN. Não importa o setor, afinal garanto fazer de tudo um pouco desde que seja voltado para o esporte!

Artigos Relacionados