Ramírez aceita proposta do Palmeiras

Desde da queda do Vanderlei Luxemburgo na última quarta-feira, o Palmeiras está sem técnico. Então, após especular nomes como Heinze e Schelotto, a diretoria do verdão se concentrou no nome do Miguel Ángel Ramírez, do Independiente Del Valle. Assim, de acordo com site GE, o técnico aceitou a proposta de treinar o alviverde. Entretanto, ainda falta o pagamento da multa rescisória de 1 milhão de dólares, cerca de 5,6 milhões de reais na cotação atual ao clube equatoriano.

Contudo, já há um acordo com Ramirez. Então, o diretor de futebol do Palmeiras, Anderson Barros, viajou para o Equador nesta manhã. Então, se reúne na tarde desta segunda-feira com os dirigentes equatorianos para negociarem o pagamento da multa rescisória, informa a mesma fonte. O técnico espanhol não participa desta conversa e vai encontrar os dirigentes do alviverde após o encontro.

Ramírez e Anderson Barros, diretor de futebol do Palmeiras, conversaram por telefone e por câmera de vídeo na sexta e no sábado. O treinador aceitou a oferta palmeirense neste domingo. O vínculo contratual deve ser de dois anos.

Em virtude a falta de voos para o Equador, a viagem foi no avião da Crefisa. Ainda, o Miguel Angel Ramírez demonstrou conhecimento do elenco e sobre o trabalho da base em 2020. Ainda, deve afastar alguns jogadores do atual elenco do Palmeiras, porém até o momento da postagem não se sabe quais são os atletas.

De acordo com site UOL, Ramirez chegará com salário menor que seus antecessores. Luxa ganhava em torno de R$ 600 mil, Felipão e Mano cerca de R$ 700 mil e já Miguel Angel deve ganhar cerca de US$ 100 mil (R$ 564), com cotação fixa.

Foto destaque: Reprodução/goal

Kaliel Serafin
Kaliel, 19 anos, estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi.

Artigos Relacionados