Grandes nomes atuam pelo futebol brasileiro. E é no Campeonato Brasileiro onde vemos esses jogadores estrelarem mais ainda, mostrando seus talentos. Sendo assim, todos os anos têm grandes atletas, que brigam pela artilharia. Dessa forma, agora é a vez de falar sobre quem são os favoritos a se consagrar como artilheiro do Brasileirão. Será que alguém é páreo a Gabigol?

VEJA MAIS:

GABRIEL BARBOSA

Gabriel Barbosa chama muito atenção por suas atuações no Flamengo. Não é à toa que o jogador foi o grande artilheiro do Brasileirão no ano passado. Em 2019, ele marcou 25 tentos em 29 partidas disputadas. Gabigol teve uma média de 0,86. Além disso, foi o atleta com mais gols na Libertadores, com nove em 12 jogos.

Neste ano, o detentor do título não para e chega forte para conquistá-lo novamente. Dessa forma, anotou 18 gols só em 2020. Marcados em cinco competições diferentes, foram oito no Campeonato Carioca, um na Supercopa do Brasil, um na Recopa Sul-Americana, outro na Libertadores e um no Brasileirão. Apesar de não fazer um bom começo de temporada, o jogador deve surpreender.

https://www.instagram.com/p/CCr6rISJw3o/

WELLINGTON PAULISTA

Wellington Paulista, do Fortaleza, é outro forte nome a brigar pelo título da artilharia. O jogador foi o artilheiro do Tricolor no ano passado. Considerado por muitos a melhor contratação do time em 2019, o jogador marcou 15 tentos. Assim, com a sua passagem pela Chapecoense no início da temporada, ele somou 17 gols em 51 jogos, uma média de 0,33. Apenas no Brasileirão, foram 13.

Nesse ano, o atleta, de 36 anos, segue a todo valor e promete ser um grande terror para os goleiros. Em três competição diferentes, foram 21 aparições no gramados, com sete gols. Assim, na Copa do Nordeste já foram quatro, enquanto que no Campeonato Cearense foram outros dois. Além disso, ele mandou mais uma bola para a rede no Brasileirão.

https://www.instagram.com/p/B8rU0xvH5Vn/

GERMÁN CANO

O que joga Germán Cano é surpreendente. O argentino chegou esse ano ao Brasil, contratado pelo Vasco da Gama. Sendo assim, esse ano o atleta promete uma  grande briga. Ano passado, pelo Independiente Medellín, da Colômbia, ele disputou 47 confrontos. Assim, Cano marcou 41 gols, tendo uma média de 0,87.

Sendo assim, uma das principais contratações do Cruzmaltino para a temporada chega muito bem no clube. Além disso, marcou um tento e garantiu a permanência do Vasco na Copa Sul-Americana. Logo, também já fez um hat-trick (em partida do Carioca, contra o Macaé). Até agora, já são 16 jogos disputados. Dessa forma, 12 tentos foram anotados. Além disso, o jogador é um dos mais importantes para a chegada do time na liderança do Brasileirão.

https://www.instagram.com/p/CCLtzU_B0if/

LUIZ ADRIANO

Em todos os duelos em que é escalado, Luiz Adriano tem os olhos e atenção voltados para si. O jogador faz um trabalho bom no Palmeiras. Por isso, deve brigar pela artilharia do Brasileirão. No ano passado, o atleta não fez feio. Sendo assim, no torneio da temporada passada, o centroavante, que chegou na metade do ano, participou de 15 duelos, onde marcou sete gols (média de 0,4).

Nessa temporada, o jogador não tem decepcionado os torcedores, sendo uma das peças fundamentais do técnico Vanderlei Luxemburgo na equipe alviverde. Assim, já jogou 12 jogos válidos pelo Campeonato Paulista, com dois gols marcados, e outras duas partidas na Libertadores, onde já mandou quatro bolas para as redes. Além disso, conta com três jogos e um gol no Brasileirão. Luiz Adriano tem a média, neste ano, de 0,41.

GILBERTO

Um dos principais nomes do BahiaGilberto chega preparado para o Brasileirão. Dessa forma, o jogador teve grande destaque na temporada passada e promete continuar brigando. No ano passado, ele ficou com a 3ª colocação, atrás de Bruno Henrique e Gabigol. Assim, foram 29 gols anotados em 58 disputadas, tendo uma média de 0,5. Na competição nacional, ele acertou 14 bolas na rede.

Nesse ano, o jogador não tem feito diferente e segue se destacando pelo time baiano. Gilberto teve participações, até o momento, em três torneios: Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Campeonato Baiano. Assim, participou de 11 confrontos, com sete gols marcados. Com isso, o atleta tem a média de 0,6.

Foto destaque: Reprodução/Lucas Figueiredo/CBF

Lauren Berger
Lauren Berger
Lauren Berger, gaúcha e apaixonada por futebol. Cresci vendo grandes nomes do Brasil em campo e um sentimento especial cresceu em mim. Vi Ronaldinho Gaúcho, Fernandão, Cristiano Ronaldo, Iniesta e foi amor à primeira partida. Estudo na Universidade Luterana do Brasil-RS.

Artigos Relacionados