Qual é a origem da palavra “pelada” no futebol?

A palavra pelada é o nome dado aqui no Brasil a uma partida amigável de futebol com regras livres, normalmente sem a preocupação com tamanhos de campo, condição dos equipamentos e uniformes, marcações básicas, entre outros aspectos, ao contrário do futebol profissional.

Com objetivo lúdico, a pelada é o grau mais diversificado do futebol, podendo ser praticada em qualquer espaço que permita a movimentação de dois os mais jogadores de cada time.

Sobre a origem do nome, existem algumas versões para a existência deste termo. Porém, na etimologia, estudo da origem e da evolução das palavras, acredita-se que a palavra possa ter sido derivada do latim, associada a uma metáfora já absorvida no uso comum da língua. “Pelada tem origem controversa, talvez de péla, do Latim pilella, diminutivo de pila, bola, novelo de lã. Pode ter havido mistura com pelo, pois as primeiras bolas eram de couro cru, com pelos. Designando jogo de futebol desorganizado, formou-se por catacrese: nos campos onde era e é praticado falta grama, sobretudo em lugares como a pequena área, que parece pelada. Dá-se catacrese quando uma palavra, à falta de uma outra específica, supre esta falta, como em perna da mesa”, afirma Deonísio da Silva, professor, escritor e etimologista brasileiro.

Assim, independente das versões populares, o termo pelada no futebol nada tem a ver com mulher nua, como muitos acreditavam.

Jonathan Silva
Um jornalista de 23 anos que simplesmente ama futebol. Trabalhou nos jornais Folha Metropolitana e Metrô News, de São Paulo, todos como repórter. Atualmente é assessor na empresa TBL Comunicação. Por paixão, há três anos criou o blog Gol de Canela Futebol Clube, que procurar contar um pouco sobre história do futebol.

Artigos Relacionados