São Paulo La casa de papel

Nesta sexta-feira (3), já está disponível a Parte 4 de La Casa de Papel. É série é uma das mais famosas do mundo, e também das que mais fazem sucesso na Netflix. Contudo, veja quais jogadores do atual elenco do São Paulo fariam parte dessa série, e qual protagonista ele seria. O Tricolor já conta com um espanhol no time, que é o Juanfran, já dando spoiler, fará parte dessa lista. Venha saber qual jogador do São Paulo correspondem ao personagem de La Casa de Papel.

CONTÉM SPOILERS DAS TRÊS PRIMEIRAS PARTES

TORÓ/ ESTOCOLMO

O personagem Estocolmo é representado por Monica, que teve um caso com o dono da casa da moeda na parte 1. Contudo, ela foi pega por Berlim utilizando celular, e ordenou que Denver a matasse. No entanto, isso não aconteceu. Na parte 3, começou a fazer parte do grupo principal dos ladrões da Espanha, e ainda está buscando seu espaço no time. Exatamente como o atacante Toró, mesmo que ele já tenha um pouco mais de casa, ainda não se firmou no grupo principal do São Paulo.

ANDERSON MARTINS/ DENVER

Por não ter um protagonismo tão grande, e também por tomar decisões, tanto quanto questionáveis. O nosso querido Anderson Martins é bastante semelhante ao Denver. Por mais que ele tente, sempre acaba tomando decisão pela emoção e às vezes comprometendo o time.

VITOR BUENO/ NAIRÓBI

Nairóbi foi convocada pelo professor por ser especialista em falsificação, ou seja, em ludibriar os outros. Portanto, o Vitor Bueno possui uma bom nível de drible, e por isso que ele foi escolhido. Além de ser um peça de extrema importância, tanto a Nairóbi quanto o camisa 12.

ANTONY/ TOKYO

De saída para a Europa, Antony não deve mais jogar pelo Tricolor, então aproveitamos para inserir nessa lista,junto com um dos principais protagonistas da série: Tokyo. O personagem é da linha de frente de importância na série e no grupo, assim como o atacante tricolor, que fez uma carreira bastante importante no São Paulo. Assim como na série, ambos tomam algumas decisões precipitadas, mas que todo mundo perdoa, não é mesmo?

IGOR GOMES/ RIO

Igor Gomes foi eleito Rio, por conta da sua ótima relação com Tokyo, desde o começo da série. O meia veio das categorias de base do Tricolor juntamente com Antony, que no tópico anterior foi representado pela Tokyo. Os jogadores desempenham um bom papel em conjunto, enquanto na série, os personagens fazem o mesmo.

São Paulo La casa de papel

PATO/ LISBOA

Você deve estar se pensando, qual a relação do Pato com a antiga inspetora de La Casa de Papel. Então, na primeira temporada como foi dito Raquel fez parte do grupo de policiais que estavam negociando com os assaltantes. Já no segundo ato, ela começou a fazer parte do grupo do professor, no qual ela teve um caso. O caso do Pato é que ele jogava no maior rival do São Paulo, e em pouco tempo que chegou no tricolor já se identificou e foi parte importante do time.

HERNANES/ HELSINK

O personagem Helsink foi recrutado principalmente por conta da sua experiência no campo de batalha. Com uma idade mais avançada, ele passou experiência para os outros integrantes, e se tornou um cara amado pelo público. Já o Hernanes, ele voltou para o São Paulo no ano passado para ser uma das estrelas, mas acabou que ele usou do seu vasto conhecimento do campo e conseguiu ajudar Igor Gomes a se tornar o que ele é hoje.

DANI ALVES/ BERLIM

O líder nato do grupo de assaltantes, Berlim é um dos protagonistas mais importantes de La Casa de Papel. E por isso, que sua relação com Dani Alves tem bastante em comum. O meia tricolor é o capitão absoluto do São Paulo, e uma das peças mais fundamentais no esquema do Fernando Diniz.

São Paulo La casa de papel

VOLPI/ PALERMO

Apesar do líder ser Berlim, que foi associado ao Dani Alves. Volpi também é um dos líderes da equipe Tricolor. Assim como Palermo, que chegou na última temporada e assumiu as ações do grupo de assaltantes. Na ausência do meia do São Paulo, o goleiro certamente é o segundo capitão da equipe.

JUANFRAN/ BOGOTA

A relação entre ambos é por conta de ser recém chegado no time, mas assim que chegou, já reconheceu pessoas conhecidas, como Dani Alves por exemplo, que se enfrentaram algumas boas vezes no clássico espanhol entre Barcelona x Atlético de Madrid.

São Paulo La casa de papel

FERNANDO DINIZ/ PROFESSOR

Para encerrar a lista, associar os dois era algo inevitável. Ambos tem uma estratégia em mente, e nunca se abalam quando algo dá errado, mas sim cobram mais de seus comandados para extrair sempre o melhor de cada um.

São Paulo La casa de papel

E ai, seu jogador do São Paulo coincidiu com o seu personagem de La casa de Papel? A parte 4  já está disponível no serviço de streaming da Netflix. O futebol brasileiro não tem previsão de volta aos gramados.

Ivan Garcia
Me chamo Ivan Garcia. Tenho 20 anos, sou estudante do 6º semestre de jornalismo na Faculdade Paulus de Tecnologia e comunicação - FAPCOM. Fanático por todos os esportes, o futebol é algo que sempre esteve comigo, e desde criança sonhava em fazer parte do ramo esportivo. Acredito que não existe emoção maior que não seja no esporte, você fica feliz e triste em questão de minutos, e é isso que me faz gostar cada vez mais.

Artigos Relacionados