Após vencer o jogo de ida da Copa Paulista, a Portuguesa pode conquistar a Copa Paulista. O zagueiro Diego Sacoman diz que não nada decidido. (Foto destaque: Reprodução/ Dorival Rosa/ Portuguesa)

Depois de vencer o Marília por 2 x 1, de virada, no Estádio Bento de Abreu, a Portuguesa está a um empate de se sagrar campeã da Copa Paulista. O jogo da volta está marcado para quarta-feira (23), às 19h (horário de Brasília), no Canindé.

Além disso, apesar de saber da pequena vantagem, o zagueiro Diego Sacomam afirmou que a Lusa necessita ficar concentrada do início ao fim da partida.

“Não tem nada decidido. Foi ótimo conseguirmos a vitória em Marília, mas, nas quartas de final, contra o Água Santa, ganhamos em Diadema e fomos derrotados em casa. Depois, tivemos a felicidade de passar nos pênaltis. Então, temos que entrar em campo com a consciência de que há um time capacitado do outro lado e que precisamos fazer por merecer o título”, disse o jogador.

Diego Sacoman treinando com a Portuguesa. (Foto destaque: Reprodução/ Dorival Rosa - Portuguesa)
Diego Sacoman treinando com a Portuguesa. (Foto destaque: Reprodução/Dorival Rosa/Portuguesa)

Ausente na semifinal por conta de uma lesão, Sacomam disse que está muito satisfeito em poder contribuir com o time neste momento decisivo.

“Hoje tenho a felicidade de dizer que sou um atleta acostumado a decisões. Já joguei final de Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Sul-Americana. Espero ajudar a Lusa com a minha experiência e, quem sabe, conquistar mais um título? Seria algo fantástico, ainda mais no ano do centenário do clube!”, finalizou o zagueiro.

Além disso, com essa classificação para a final da Copa Paulista, a Portuguesa volta a disputar uma divisão nacional depois de quatro anos. Considerado um dos clubes mais tradicionais de São Paulo, a Lusa passou por graves problemas financeiros desde o rebaixamento da Série A com o Fluminense. Assim, o clube pode se reerguer e volta as competições.

Foto destaque: Reprodução/Dorival Rosa/Portuguesa

Avatar
Luiz Felipe Silva
Eu escolhi jornalismo pelo amor ao esporte. Ele sempre fez parte da minha vida e gostaria de viver ao lado dele. Já trabalhei em web rádio, fiz podcast e atualmente faço o Babá arretado, junto com artigos no site www.brunoperes.tv.

Artigos Relacionados