A primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior começou a todo vapor. Sertãozinho e Penapolense empataram por 1 x 1. Enquanto isso, o Confiança-SE superou o Goiás por 1 x 0 na noite de quinta-feira (3), no Estádio Frederico Dalmaso, o Fredericão, em Sertãozinho. Os jogos marcaram a estreia dos times, que fazem parte do Grupo 18 da competição.

COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR – 1ª RODADA

Sertãozinho 1 x 1 Penapolense

Após pênalti sofrido por Mateus Pastor, Zanini converteu e marcou o gol do Touro dos Canaviais aos 27′ do primeiro tempo. No entanto, o empate do CAP veio logo no início da segunda etapa. Depois de uma linda troca de passes, Euller deu um belo chute da entrada da área. Dessa forma, marcou para o Penapolense aos 11′, decretando o placar final de 1 x 1.

Em entrevista a Vinicius Alves da CBN, Lúcio Borges, técnico do Sertãozinho, assume que o time atuou abaixo do esperado, mas prevê uma recuperação na competição. “Fizemos uma preparação muito boa, mas quando você trabalha com jovens faz parte sentir a situação de estreia em uma competição importante e em um estádio lotado. É uma situação normal, um empate. Ainda temos dois jogos para buscar a classificação e é nesse sentido que vamos trabalhar”, disse o técnico. No domingo (5), o Sertãozinho encara o Confiança-SE, às 18h15 (horário de Brasília).

Goiás 0 x 1 Confiança-SE

No primeiro tempo, pouco produtivo, o Goiás teve dificuldades para controlar o time sergipano. No entanto, não sofreu grandes ameaças. O gol veio apenas na segunda etapa, quando Christian, logo aos 2′, fez bela jogada sobre a marcação do capitão esmeraldino, Taylon, invadiu a área e bateu para abrir o placar. O Goiás até tentou, mas não conseguiu uma reação. Desse modo, o Confiança-SE levou os três pontos e lidera o Grupo 18, uma vez que foi o único time a sair de campo vitorioso na primeira rodada da Copinha. Na próxima rodada, o Goiás enfrenta o Penapolense.

Foto destaque: Reprodução/Vinicius Alves/CBN

Stella Vicente
Stella Vicente
Meu nome é Stella, tenho 19 anos e estudo Jornalismo na Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) – mas sou paulista do interior. Gosto de ler e escrever desde que me entendo por gente e o esporte sempre foi uma das minhas grandes paixões, grande parte devido à influência do meu pai. Foi por conta desse sentimento que surgiu a vontade de fazer jornalismo. Hoje eu percebo que me encontrei nessa profissão emocionante e espero conquistar grandes coisas na área esportiva, principalmente no que diz respeito ao meu amor maior: o futebol.

Artigos Relacionados