Paulo Miranda retorna e fica como opção para o sistema defensivo do Grêmio

A semana começa com novidades no CT Luiz Carvalho. O zagueiro Paulo Miranda, está recuperado de lesão e volta a ficar como opção para Renato Portaluppi. Um dos destaques no início de temporada pelo Tricolor, o atleta está apto para retornar e ajudar nos jogos gremistas. Aliás, com a lesão de Orejuela, Paulo pode ser uma das opções para a lateral-direita da equipe gremista. Nessa posição já foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro, em 2012, pelo Troféu Lance, quando atuava no São Paulo.

Paulo Miranda seguindo a boa fase

No início da atual temporada, o zagueiro tricolor ganhou uma grande sequência na equipe titular. Com isso, o Campeonato Gaúcho ajudou tanto na parte defensiva quanto na ofensiva. O jogador ganhou destaque por ser o zagueiro do elenco com mais gols no gaúcho, marcando duas vezes e ajudando na conquista do seu terceiro estadual com a camisa azul, preta e branca. Mas Paulo quer ajudar o grupo em busca de mais títulos e a Copa do Brasil, contra seu ex-clube.

“Estou feliz em voltar para um momento importante da temporada. São jogos grandes, importantes e que podem nos levar a mais uma disputa de título com o Grêmio. Sou zagueiro de origem, mas posso ajudar na lateral-direita onde já joguei em algumas oportunidades. Minha vontade é manter o foco nessa reta final, ajudar no que for preciso e trazer ainda mais alegrias para o torcedor gremista,” afirma o zagueiro.

Por fim, contratado em 2018, Paulo Miranda atuou em 21 jogos nessa temporada, com 14 vitórias, três empates e quatro derrotas. Dessa forma, os números mostram um aproveitamento de 61,9% em 2020 vestindo a camisa do tricolor gaúcho. Com contrato até dezembro de 2022, já entrou em campo 66 vezes e balançou as redes em quatro oportunidades pelo Grêmio. Aqui no Sul já conquistou cinco títulos desde sua chegada.

Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva e sou de Altamira no Pará. Pós-graduado na área de Letras, mas a paixão mesmo é o futebol e o jornalismo, tenho como ídolos ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning e Vitor Sérgio Rodrigues. Sou deficiente físico, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, Enfim! Sonho em fazer um passo a cada dia, um melhor do que o outro.

Artigos Relacionados