O Marcílio Dias está sem treinador. Já que Paulo Foiani, de 42 anos, foi demitido do cargo na última quarta (27). Ele havia voltado ao clube depois de seis temporadas fora, em 2013, quando começou como técnico, levou o Marinheiro ao título da Série B do Campeonato Catarinense. Entretanto a passagem de 2019 não terminou com glórias. Pois o time de Itajaí perdeu a final da Copa Santa Catarina para o Brusque. Após um placar igual no agregado das duas partidas, o Bruscão venceu nas penalidades e ergueu o caneco.

A carreira de jogador de Foiani foi de muitas viagens pelo mundo da bola. Ele foi volante, e atuou em times como Avaí, CRB e Icasa no Brasil, além do Hoa Phat do Vietnã. No ano de 2012 decidiu pendurar as chuteiras, depois de ter defendido as cores do Cambé na 3ª divisão do Campeonato Paranaense.

Já como treinador, Paulo Foiani atua desde o ano seguinte à sua aposentadoria. Já atuou em muitos times como Asa, Juazeirense, Fluminense de Feira e Camboriú. Apesar desses vários trabalhos em apenas seis anos de carreira, suas principais passagens foram: Marcílio em 2013, já citado, e Cascavel nesse ano, quando levou a equipe até o 7º lugar do Paranaense, dando assim uma vaga para a Série D do ano seguinte.

A estreia do time de Itajaí no Campeonato Catarinense de 2020 será em casa, uma reedição da final da Copa Santa Catarina. O jogo contra o Brusque ocorrerá no dia 22 de janeiro no estádio Dr.Hercílio Luz.

Foto destaque: Divulgação/ Gazeta Esportiva

Lucas Stank
Nascido em Florianópolis, Estudo Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina. Sempre gostei de futebol, inclusive dizem que minha palavra dita foi gol

Artigos Relacionados