Neste domingo (31), a Coluna Parabéns ao Craque homenageia o goleiro do Coritiba, Wilson. O goleiro fez sua categoria de base no Rio de Janeiro, mas foi se firmar no cenário nacional no Sul.

INÍCIO DA CARREIRA 

O jogador fez grande parte de sua categoria de base no Flamengo. E, depois de quase 10, anos subiu para o profissional, onde não conseguiu se firmar. Logo foi emprestado para a Portuguesa-RJ e para o Olária, mas não conseguiu dar uma sequência de jogos e acabou retornando ao Flamengo. No seu retorno, foi emprestado para o Figueirense.

FIGUEIRENSE

Chega ao clube no início de 2007, em primeiro instante por empréstimo. Já em sua estreia jogou contra o Avaí, e o Figueira venceu por 3 x 0. Em pouco tempo, o goleiro já estava nas graças da torcida devido suas grandes atuações. Assim, mesmo nos maus momentos, os torcedores o apoiavam. Wilson fez três gols pelo clube, sendo dois de pênalti e um de falta.

Após ficar três meses sem receber salário, o goleiro entrou na justiça movendo um processo contra o clube e rescindiu o contrato com a equipe. Wilson, que somou mais de 300 jogos, é um dos recordistas em número de partidas pela equipe.

VITÓRIA

Chegou em 2013 para ser reserva de Deola. Sua estreia foi em um jogo da Copa do Brasil, quando os titulares tinham sido poupados. No entanto, a melhor chance de Wilson com a camisa do Vitória foi em um Ba-Vi, quando Deola se machucou. O goleiro entrou, mas a equipe não conseguiu sair com a vitória, mesmo assim se sagrou campeão.

No Brasileirão, o goleiro jogou com uma frequência maior. Atuou 34 vezes e foi o jogador, até então, que mais tinha vestido a camisa do Vitória na mesma edição de Campeonato Brasileiro. Além disso, foi o arqueiro com mais defesas difíceis ao decorrer da edição.

CORITIBA

Em 2015 chegou ao clube para a disputa da Série A, daquele ano. A equipe não teve um grande desempenho, mas conseguiu continuar na elite para a próxima temporada e também se classificar para participar da Copa Sul Americana. O jogador ficou marcado por uma atuação histórica, onde o mesmo marcou um gol e defendeu dois pênaltis.

No ano seguinte, a estrela do goleiro voltou a brilhar. Desta vez em jogo disputado pelo Campeonato Paranaense, contra o Rio Branco. Em cobrança de escanteio, o goleiro se aventurou ao ataque e marcou o gol de empate. Em 2017, voltou a ter uma atuação de gala em jogo onde defendeu dois pênaltis de Diego Souza e fez outras grandes defesas. Já em 2018, mesmo com um bom desempenho de defesas e gols, não conseguiu ajudar a equipe a voltar à Série B.

https://twitter.com/wilson_w1/status/1169382310308917249?s=24

ATLÉTICO-MG

Em 2019, o goleiro chegou para reforçar a equipe do Atlético-MG na temporada de 2019. Contudo, foi pouco utilizado e, portanto, ao final da temporada deixou o clube.

VOLTA AO CORITIBA

Sendo assim, ao final do seu contrato com o Galo, o goleiro retornou ao Coxa. Está no clube paranaense até hoje.

Foto Destque: Reprodução/Futebol Interior

Avatar
Luiz Ary
Bom meu nome é Luiz Felipe e desde pequeno sou apaixonado em futebol. Como toda criança tinha o sonho de jogador mas a habilidade não ajudou muito. Então a melhor maneira que achei para trabalhar com o que eu amo foi o jornalismo esportivo! Estou cursando meu primeiro semestre de jornalismo na faculdade Anhembi Morumbi e meus objetivos são cobrir os principais jogos e campeonatos mundiais em grandes mídias. Sou um cara tranquilo que sabe viver bem em grupo e espero acrescentar com meus conhecimentos mas também aprender muito

Artigos Relacionados