Parabéns, Rei! Pelé faz 80 anos, mas quem ganha o presente é a gente

- O maior jogador da história nos deu muitas felicidades
Coluna Parabéns ao Craque (Divulgação/Instagram/Pelé)

A Coluna Parabéns ao Craque parabeniza o maior de todos, o Rei Pelé, nesta sexta-feira (23). Não há palavras para descrever Edson Arantes do Nascimento, mas fica a admiração e alguns feitos sobre ele, que tem três Copas do Mundo, dois Mundiais, duas Libertadores e 1281 gols em 1363 jogos. Se fosse parar aqui já bastava, mas haverá mais do rei do futebol.

Pelé nasceu em Três Corações, Minas Gerais, no dia 23 de outubro de 1940. O atacante é filho do ex-jogador do Fluminense, João Ramos do Nascimento, mais conhecido como Dondinho, e de dona Celeste Arantes. Ademais, fez quatro anos de base no Bauru, de 1952 a 1956. Assim, foi levado ao Santos e impressionou a todos. Portanto, sua estreia no profissional foi em 7 de setembro de 1956, com 15 anos, contra o Corinthians de Santo André. Dessa forma, o Rei marcou seu primeiro gol em seu primeiro jogo com a camisa alvinegra.

No Santos, Pelé foi incrível, mágico, um extraterrestre, como diz Pepe – seu companheiro de ataque nos anos 60. Começando com seus títulos, que não são poucos, são 47 pelo Peixe. Além de tudo, o Rei pôde deixar momentos históricos para que as gerações presentes e futuras pudessem admirar.

Entre seus maiores feitos, há: o maior artilheiro de todos os tempos, parou uma guerra, maior ganhador de Copas do Mundo como jogador, segundo maior campeão da história, o jogador mais jovem a fazer gol em uma final do Mundial de Seleções. Porém vamos aos detalhes de cada conquista.

POR QUE O MAIOR?

O maior goleador de todos os tempos, com 1281 gols em 1363 jogos. Ninguém fez tantos gols em tantos jogos, além de jogar em situações horríveis, como os materiais, chuteira e bola, e o campo.

O Santos, de Pelé, parou uma guerra na Nigéria, chamada Guerra Civil Nigeriana. Na qual, o conflito parou para poder assistir o time, além de todos aplaudirem após o término da partida.

Maior ganhador de de Copas do Mundo como jogador. Assim, são três: 1958, 1962 e em 1970. Juntamente com Garrincha, fizeram mágica em 70, mas ninguém, nem Cristiano Ronaldo e Messi têm e terão isso. Ou seja, o maior da história acabaria aqui, porém tem mais.

Atrás apenas de Daniel Alves, Pelé tem 37 títulos oficiais na sua carreira. Sem ter a tecnologia atual, ele conquistou tudo isso, imagine se tivesse acesso.

Em 1958, na final contra a Suécia, o Brasil venceu por 5 x 2. No entanto, o Rei se tornou o jogador mais jovem a fazer gol em uma final de Copa do Mundo, mas não só isso, marcou logo dois, com 17 anos.

TÍTULOS PESSOAIS

Após uma revisão da revista France Football, Pelé ganhou sete bolas de ouro (1958, 1959, 1960, 1961, 1963, 1964 e 1970). Assim também, é considerado o maior atleta do século XX pela Agência Reuters, da Inglaterra, pelo Comitê Olímpico Internacional, pelo jornal francês L'Equipe e pela DuPont, da França.

PARABÉNS, PELÉ

Feliz aniversário, Rei, que você aproveite e seja feliz. Assim como você fez os brasileiros e, principalmente, os santistas, Edson Arantes do Nascimento é o maior e melhor de todos os tempos. Você é eterno! Enfim, vida longa ao rei e obrigado, Pelé!

https://twitter.com/SantosFC/status/1319473621874601984

Foto Destaque: Divulação/Instagram/Pelé

BetWarrior


Poliesportiva


Gabriel Yudi Gati Isii
Gabriel Yudi Gati Isii
Escolhi jornalismo porque tenho paixão pelo futebol. Faço faculdade na PUC-SP e já estudei na Etec Albert Einstein. Meu sonho é viver do esporte que admiro.

Artigos Relacionados

Topo