A princípio, o goleiro não tem vida fácil. Uma das posições mais privilegiadas e ao mesmo tempo das mais ingratas. Desse modo, 10 defesas difíceis podem cair por terra com um gol tomado. Aquele gol que fica a dúvida: “Foi falha? Era defensável?”. Enfim, questionamentos colocam em risco a credibilidade do arqueiro. Por fim, a Coluna Parabéns ao Craque deste sábado (12) tem o prazer de parabenizar Douglas Friderich, atualmente no Bahia e que teve passagens de destaque por outras equipes do cenário nacional.

Início difícil

Douglas, que completa 31 anos, iniciou sua carreira no interior do Paraná. Entretanto, antes de aparecer para o cenário nacional, teve que “conter” um adversário fora de campo. Assim, entre 2007 e 2008, teve seu início interrompido ao ser diagnóstico com câncer no testículo e teve que fazer uma cirurgia às pressas.

Além disso, precisou ficar 10 meses parado e somente após regressou ao futebol. Após retornar aos gramados teve uma teve breve passagem pelo futebol do Irã. Posteriormente, passou por equipes do interior de São Paulo até chegar ao Avaí. Foi onde chamou atenção para o cenário nacional.

Destaque em meio ao “caos”

O ano era 2017. O Avaí disputava novamente a primeira divisão, recém chegado da Série B. Dessa forma, equipe modesta e com pretensões de apenas se manter na elite. Assim, como dizem os filósofos, uma equipe começa pelo gol. E eles tinham um goleiro: Douglas Friderich.

A princípio, a permanência na elite não foi conquistada, mas o reconhecimento de que sem Douglas seria pior, existiu. O Leão teve apenas nove vitórias. Contudo, em oito o arqueiro esteve em campo. Assim, teve um deles que foi, O JOGO, com letra maiúscula.

Parou o Grêmio e milhões de brasileiros

O Avaí enfrentou o Grêmio, na Arena. Assim, o Tricolor, que após viria a ser campeão da Libertadores, era total favorito. Todavia, lá estava Douglas, no gol do adversário e pronto para acabar com a alegria adversária. Logo, fez nada menos que sete defesas difíceis, salvou a equipe da Ressacada de todos os modos e ainda conseguiu defender uma penalidade do lateral Edílson. E saiu com a vitória por 2 x 0.

O motivo dos milhões de brasileiros ? Os cartoleiros todos apostaram no ataque gremista, entretanto se deu bem os 79.749 que apostaram em Douglas. Autor de 33 pontos, evitou a perda de saldo de gols e se tornou um dos 10 maiores pontuadores do game.

Foto destaque: Reprodução/Miguel Locatelli

Gilvan Rodrigues
Gilvan Rodrigues
Gilvan Junior, 20 anos, natural de Feira de Santana, estudante de jornalismo pela FAT. Desde pequeno, meu principal assunto era o esporte. Sempre acompanhado programas, sites, etc. Decidir, partir pra área que me dará a oportunidade de viver daquilo que mais amo. O futebol.

Artigos Relacionados