Para Sempre Chape: relembre a trajetória do time inesquecível de 2016 em documentário

O time de 2016 da Chapecoense, com certeza, será uma equipe inesquecível. Seja por sua trajetória vitoriosa, pelo amor a camisa de um clube pequeno que fez história, ou pelo trágica história que encerrou o sonho de conquistar a América. Afinal, o sonho se transformou em tragédia. Por isso, a coluna Futflix desta semana homenageia o aniversário de quatro anos deste triste capítulo do futebol e apresenta o documentário Para Sempre Chape.

Lançado em 2018 e disponível na Netflix, a obra mergulha na história do time catarinense. Dessa forma, desde sua fundação até a chegada à Série D do Brasileirão e, sete anos depois, a final histórica da Copa Sul-americana, que nunca foi disputada. Isso porque, em 29 de novembro de 2016, o avião que levava a equipe até a Colômbia caiu e deixou 71 pessoas mortas e apenas seis sobreviventes. Mas, depois de meses de luto e muita tristeza, a Chapecoense se reergueu, deu continuidade ao legado daqueles que partiram e voltou ao topo.

ATENÇÃO: O TEXTO A SEGUIR PODE CONTER SPOILER. CASO NÃO QUEIRA PERDER SUA EXPERIÊNCIA, ASSISTA O DOCUMENTÁRIO E VOLTE DEPOIS PARA LER.

UMA HISTÓRIA VENCEDORA

A Associação Chapecoense de Futebol foi fundada em 1973. Desde então, se tornou a paixão, a garra e a identidade da cidade de Chapecó, no oeste de Santa Catarina. Desde o início, o clube teve que enfrentar diversos desafios, sejam financeiros, transporte da equipe, falta de estrutura, falta de estádio próprio e outros, para manter viva essa paixão. Mas, a equipe verde e branca venceu todas as dificuldades e provou que um time pequeno pode chegar à elite do futebol brasileiro.

E os detalhes e curiosidades desta trajetória histórica são mostrados no documentário Para Sempre Chape (2018). Além disso, conta com depoimentos da diretoria do clube, ex-jogadores e atuais atletas que relatam como um pequeno clube do interior ganhou o coração de todo o Brasil. Mas, o ponto alto do documentário são os relatos emocionantes sobre a tragédia de 2016. Além de imagens exclusivas, as falas de Alan Ruschel, Jakson Follmann e o zagueiro Neto mostram detalhes exclusivos de como tudo aconteceu naquela triste noite.

A TRAGÉDIA

O acidente com o avião que transportava o Verdão do Oeste foi uma das maiores e mais marcantes na história do futebol. Isso porque, no acidente, morreram membros do clube, convidados e jornalistas. O avião caiu nas proximidades da cidade de Medellín, na Colômbia. Assim, ao todo, foram 71 mortos e apenas seis sobreviventes.

Na época, os jogadores do clube catarinense embarcavam para fazer história, não só no futebol da Chape, ou no catarinense, mas também no futebol brasileiro. Afinal, a Chapecoense embarcava para enfrentar o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana 2016. E este era um resultado inédito para o clube do interior e recém-chegado à elite do futebol brasileiro. Ainda mais depois da equipe conquistar este feito após classificação histórica, em casa, contra o San Lorenzo, da Argentina. Por isso, aquela foi sem dúvida uma das melhores temporadas da Chapecoense.

Na época, o elenco do Verdão era composto pelos goleiros Danilo e Follmann; na zaga Ananias, Filipe Machado, Marcelo, Willian Thiego, e Neto. Volantes eram Gil, Josimar, Matheus Biteco e Sergio Manoel. Já nas laterais tinha Dener, Gimenez, Mateus Caramelo e Alan Ruschel. O time contava ainda os meias Arthur Maia e Cléber Santana, capitão da equipe. E no ataque, Aílton Canela, Kempes, Lucas Gomes, Tiaguinho e Bruno Rangel, maior artilheiro da história da Chape com 81 gols. Além disso, o técnico era Caio Júnior.

PARA SEMPRE CHAPE: O LEGADO CONTINUA

Mesmo com a tristeza pela perda e a comoção na cidade, o Verdão buscou forças para se reerguer. E o documentário mostra detalhes de como os sobreviventes e membros do clube lutaram para fazer a equipe renascer. Além disso, a obra também mostra depoimentos dos atuais jogadores relatando como foi jogar após o acidente, reencontrar a torcida e ganhar o primeiro título após a tragédia: o Catarinense de 2017.

Por isso, Para Sempre Chape é uma boa pedida para você começar a sua semana. Uma produção recheada de emoção, paixão, garra, amor e o forte sentimento de família que o clube partilha com sua cidade. Com certeza, uma das indicações mais emocionantes da Futflix, tão inesquecível quanto a equipe de 2016 da Chapeconese.

Foto Destaque: Reprodução / Sirli Freitas / Chapecoense

Carla Taíssa
Estudante de jornalismo, escritora e fotógrafa freelancer. Futebol, esportes de velocidade, futebol americano e basquete são suas paixões quando não está escrevendo ou viajando. Conheça suas fotos no Instagram @25springs.

Artigos Relacionados