Em clima de despedida para Zé Roberto, Palmeiras e Botafogo jogam nesta segunda-feira, (27), no Allianz Parque, às 20h (Brasília), pela 37ª rodada do Brasileirão 2017, penúltima do campeonato. O Palmeiras já está classificado para a Libertadores de 2018 e não briga por mais nada neste BR-17, já o Botafogo luta por uma vaga na Libertadores.

PALMEIRAS

O fiasco do ano palmeirense cheio de investimentos pesados como Felipe Melo, Borja, Cuca e tudo por água abaixo, resultou num ano complicado, mas que no final foi compensado com a vaga na Libertadores 2018. O time palestrino agora foca no ano que vem com contratações e renovações. O técnico Alberto Valentim voltará a ser auxiliar e quem assumirá é Roger Machado, ex-Grêmio e Atlético-MG. Lucas Lima é uma incógnita. Muitos dizem já acertado, mas o meia já foi afastado do Santos, não renovou e é tipo como certo. Reforços certos são: Emerson, zagueiro ex-Botafogo e Diogo Barbosa, lateral esquerdo ex-Cruzeiro.

O jogo marcará a despedida do lateral esquerdo Zé Roberto, aos 43 anos, após 3 anos de Palmeiras. O experiente atleta com passagem por Seleção Brasileira e Copa do Mundo, conquistou uma Copa do Brasil (2015) e um Brasileirão (2016) com o verdão. Também já esteve na Seleção do Paulistão 2015, na Seleção da América do Sul do Diário AS em 2016 e foi o jogador mais velho a marcar gol na Libertadores. O jogador de aposentará do futebol ao final deste ano e hoje fará seu último jogo em casa.

BOTAFOGO

O Fogão ainda persegue o sonho da Libertadores de 2018. Para isso, precisa vencer o Palmeiras e somar mais 3 pontos para passar os rivais cariocas (Vasco da Gama e Flamengo) e entrar na zona de classificação. O time de Jair Ventura é considerado limitado pela mídia, mas é capaz de vencer o time da casa. Os visitantes têm desfalques importantes para a partida, trata-se de Airton e Leandrinho (em transição física); Roger e Marcinho (sem ritmo de jogo), Victor Luis (vetado por contrato por pertencer ao Palmeiras) e Emerson (já acertado o rival de hoje para a próxima temporada). Estragar a festa de despedida de Zé Roberto no Allianz é uma missão.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Palmeiras: Jailson; Mayke, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo, Tchê Tchê e Moisés (Keno); Willian, Dudu e Borja. Téc.: Alberto Valentim.

Botafogo: Gatito; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Valencia; Pimpão e Brenner. Téc.: Jair Ventura.

Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi

Artigos Relacionados