Os melhores goleiros do Campeonato Brasileiro

Mais um Campeonato Brasileiro chegando ao fim, é a hora de escolher os melhores da competição. Nós sempre ouvimos que grandes times começam em grandes goleiros, e os arqueiros dessa lista com certeza entram nesse termo. Assim, elegemos os que melhor guardaram suas redes: Tiago Volpi, do São Paulo, dono da melhor defesa do campeonato, Santos, do Athlético-PR, que apesar de atuar menos que seus rivais, pegou demais no gol, e por fim, Tadeu, do Goiás, time que fez ótima campanha de recuperação nesse segundo turno.

Tiago Volpi

Desde que Rogério Ceni se aposentou, o São Paulo sofreu muito para encontrar seu substituto. Sua sombra, gigante, caiu sobre os ombros de goleiros que não aguentaram o peso de te suceder. Mas com esse foi diferente. Apesar de inicio com leves vacilos, Volpi rapidamente assumiu seu papel de líder em um grupo de vários jogadores experientes e também dentro de campo provou que merecia vestir o manto que já foi do maior goleiro artilheiro do mundo, como por exemplo, na classificação suada no Paulistão contra o Palmeiras, na qual o arqueiro tricolor defendeu duas penalidades. Dessa maneira, a torcida abraçou Tiago e exige sua contratação definitiva (o goleiro pertence ao Queretaro do México).

Para expor seu ótimo desempenho, o São Paulo foi a melhor defesa do campeonato, com apenas 30 gols sofridos. Volpi tem média de 0,78 gols sofridos por partida, ou seja, menos de um tento sofrido por jogo. Além de 15 “Clean Sheets” (partidas sem buscar a bola dentro da rede). Para completar os ótimos números do “guarda redes” Tricolor, foram 91 defesas simples, os grandes goleiros transformam defesas difíceis em fáceis.

https://twitter.com/Footstats/status/1204036855215394816

Santos

Falamos sobre o dono da melhor defesa, agora é a vez do vice-líder nesse quesito. O Athlético Paranaense sofreu dois gols a mais do que o São Paulo, tendo em seu goleiro um dos destaques do campeonato. E o ano do “Santo”  foi mágico: convocação para a Seleção Brasileira, título da Copa do Brasil e eleito o melhor arqueiro do Brasileirão pela CBF. Tudo isso, fruto de um ótimo trabalho dentro de campo. Santos, apesar de ter nove partida a menos que Volpi, tem números bem semelhantes. Em 28 jogos, sofreu apenas 22 gols e ficou 12 sem sofrer nenhum.

Tadeu

Chegamos ao Paredão esmeraldino chamado Tadeu. O dono da meta do Goiás nesse Brasileirão, que já vê seu nome ser especulado nos grandes times do Brasil. Fã de “São Marcos”, o goleiro de 27 anos já comentou em entrevista à Espn.com um pouco sobre a idolatria no ex-arqueiro alviverde:

Lembro muito do pênalti que ele pegou do Marcelinho em 2000. A Copa do Mundo de 2002 me marcou demais pela atuação dele contra a Bélgica nas oitavas de final. Depois, descobri que ele também veio da roça e virou uma inspiração ainda maior para mim

Talvez tenha sido desses momentos que Tadeu tirou as forças para fazer 95 (!!) defesas difíceis nesse Campeonato Brasileiro, o que da uma média de 2,5 por jogo. Mostrando o quanto a classificação do Goiás à Sul-Americana parte de suas mãos milagrosas. Por outro lado, um número prova que nem sempre o goleiro salva tudo. O time Esmeraldino é o dono da pior defesa do campeonato, com 64 gols sofridos.

Carlos Vinícius Amorim
Carlos Vinícius Amorim, 21 anos, atualmente cursando jornalismo pelo amor ao futebol, que se iniciou lá em 2005, com apenas seis anos de idade, já imaginam qual o clube né. Sempre se informando e informando aos outros, buscando referências e fontes. Como o jornalismo manda.

Artigos Relacionados