No Caxias, atacante Mazola se prepara para o Gauchão (Foto destaque: Vitor Socco / SER Caxias)

Depois de ajudar o Caxias no Campeonato Brasileiro Série D 2020, o atacante Mazola se prepara para defender a equipe no Gauchão. Dessa forma, o jogador está em pré-temporada desde o dia 11 de janeiro. Logo, apesar de pouco tempo de treinamento, o atleta está otimista para o Estadual e comenta sobre a expectativa do Falcão Grená para esse ano.

“Estamos trabalhando forte e, até a estreia no campeonato, a equipe vai estar bem preparada para os desafios de 2021. O time já se conhece, tem uma base e isso ajuda muito. O Caxias foi finalista no ano passado, o que aumenta a responsabilidade para este ano”, falou Mazola.

Assim como, até a estreia, em casa, contra o Grêmio, provável no dia 27 de fevereiro, a equipe de Rafael Lacerda terá quatro testes. Logo, o primeiro jogo-treino será contra o time de transição do próprio Grêmio no dia 30 de janeiro, às 10h. Assim como, no dia 06 de fevereiro o adversário será o Esportivo, às 16h. Logo depois, dia 13 de fevereiro diante do Aimoré, às 16h. Por fim, irá enfrentar o Novo Hamburgo, às 16h, no Estádio do Vale, no dia 20 de fevereiro.

“Estamos trabalhando a parte física e já começamos os trabalhos com bola. Esses jogos até a estreia irão ajudar no entrosamento da equipe”, finalizou o atacante.

PREPARAÇÃO DO CAXIAS

Dessa forma, visando o início das atividades, os atletas e  a comissão técnica realizaram os testes para a Covid-19 na última segunda-feira (11). Em suma, Vice-Campeão Gaúcho 2020, o Caxias disputará a Copa do Brasil, o Gaúchão e a Série D em 2021. Por fim, os gaúchos contrataram alguns atletas para esse ano: o zagueiro Guilherme Mattis, o volante Marlon e os atacantes Gleydson e Jhon Cley.

Foto destaque: Vitor Socco / SER Caxias

Matheus Vinicius
A minha paixão pelo futebol me levou ao jornalismo. Já atuei em Assessoria de Imprensa e atualmente trabalho com marketing de conteúdo. Tenho o objetivo de trabalhar diretamente com o futebol, sendo setorista de um time ou na produção de conteúdo audiovisual. Com 22 anos tenho muita coisa para aprender ainda e tenho certeza que aqui no Futebol na Veia irei crescer muito.

Artigos Relacionados